Lula estará nas eleições de 2018 vivo ou morto, diz Dilma

A presidente deposta Dilma Rousseff fez uma palestra na Universidade de Helsinque, na Finlândia, onde reafirmou a presença de Luiz Inácio Lula da Silva no pleito de 2018; segundo ela, Lula participara das próximas eleições "vivo ou morto"; “Cada vez que Lula é condenado, cresce mais nas pesquisas. E cada vez que cresce nas pesquisas, aumentam o processo. Mas ele participará da eleição. Vivo ou morto, preso ou solto, condenado ou inocentado. Lula sempre estará presente porque ele não é mais uma pessoa. Ele já é um projeto”, afirmou

19/03/2017- Monteiro- PB, Brasil- Os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff viajam para Monteiro-PB ao lado do governador Ricardo Coutinho. Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula
19/03/2017- Monteiro- PB, Brasil- Os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff viajam para Monteiro-PB ao lado do governador Ricardo Coutinho. Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Em mais um palestra de sucesso no exterior, a presidente deposta Dilma Rousseff falou para uma plateia na Universidade de Helsinque, na Finlândia, sobre a democracia no Brasil e reafirmou a presença de Lula nas próximas eleições. 

“Cada vez que Lula é condenado, cresce mais nas pesquisas. E cada vez que cresce nas pesquisas, aumentam o processo. Mas ele participará da eleição. Vivo ou morto, preso ou solto, condenado ou inocentado. Lula sempre estará presente porque ele não é mais uma pessoa. Ele já é um projeto”, afirmou a petista.

Dilma voltou a denunciar internacionalmente o golpe que sofreu e comparou seu afastamento ao “tapetão” – gíria do futebol utilizada para se referir a vitórias conquistadas fora do campo.

“Perder e ganhar eleição é algo da vida democrática. Mas não é algo da vida democrática dar golpe. Não é da vida democrática tentar ganhar, como diz no futebol, no tapetão – eu não sei se também usam aqui na Finlândia esse termo. Ganhar no tapetão… Não pode. E isso, politicamente, é impensável se você quer construir um regime de fato democrático”, disse.

Informações são do Metro1.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247