Lula fala em congresso do PSOE e pede solidariedade na luta contra o fascismo

O ex-presidente Lula (PT) enviou declaração ao 40º Congresso do Partido Socialista PSOE, organização centenária da esquerda espanhola e que atualmente está no governo da Espanha, destacando a necessidade de fortalecer laços internacionais entre progressistas

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-presidente Lula (PT) enviou declaração ao 40º Congresso do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), organização centenária da esquerda espanhola e que atualmente está no governo da Espanha.

Segundo Lula, o partido é o que “mais contribuiu para o surgimento da Espanha atual: extraordinária, democrática e desenvolvida, que surpreendeu a Europa e o mundo após décadas de ditadura”. Entre 1939 e 1975, a Espanha foi dominada pelo franquismo (fascismo espanhol), que atualmente continua a ameaçar o país europeu.

Por isso, o ex-presidente brasileiro reforçou a necessidade atual de luta contra a extrema direita , que explora o “ódio” e “dissemina mentiras nas redes sociais” no mundo inteiro.

PUBLICIDADE

“Líderes reacionários ameaçam diariamente a democracia, tentam a todo o custo criminalizar a política, destroem os direitos dos trabalhadores, agridem o meio ambiente, fazem crescer a desigualdade, geram desemprego e fome”, destacou

No entanto, comemorou que, recentemente, partidos progressistas têm tido resultados positivos na Europa, como na Alemanha, nos países nórdicos e nas eleições municipais da Itália.

“Eu tenho certeza que o Brasil sairá fortalecido das eleições de 2022. Pronto, para de novo surpreender o mundo, com nossas políticas de inclusão social e nossa luta pela paz entre os povos”, acrescentou.

PUBLICIDADE

“Precisamos, mais do que nunca, reanimar a política e proteger a democracia dos saudosos do fascismo. É hora de enfrentar os desafios do nosso tempo. As pandemias, as migrações forçadas, a fome que afeta centenas de milhões de pessoas pelo mundo, a geração de emprego e a implementação de uma economia verde e sustentável”, disse.

“Espero que renovemos os laços de solidariedade internacional nesse tempo em que o mundo precisa de solidariedade, fraternidade e muita paz”, concluiu.

PSOE e PT

Em sua fala, que foi ouvida pelos delegados do partido espanhol, o ex-presidente Lula também agradeceu a “solidariedade” do PSOE e do movimento sindical da Espanha “com os brasileiros e brasileiras”, porque ela “nunca nos faltou, sobretudo no atual momento de retrocessos em série”.

PUBLICIDADE

De acordo com Lula, o PT e o PSOE são “mais do que parceiros”, “são irmãos”, pois “ambos nasceram da organização da classe trabalhadora e da necessidade de lutar contra todas as formas de desigualdade”. “Nascemos do sonho da construção de um mundo melhor, provamos que outro mundo é possível porque fomos capazes de construí-lo”, destacou.

Confira:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email