Ministro da Justiça pede investigação sobre morte de Herzog

O autor da imagem do corpo do jornalista, Silvaldo Leung Vieira, relatou Folha que foi 'usado' pela ditadura para forjar morte em cela do DOI-Codi, em 75

Ministro da Justiça pede investigação sobre morte de Herzog
Ministro da Justiça pede investigação sobre morte de Herzog (Foto: Divulgação)

247 – A revelação de fraude autor da imagem do jornalista Vladimir Herzog morto numa cela do DOI-Codi, em São Paulo, em 1975 mexeu como seu filho e com o governo federal. Ambos pedem que a Comissão da Verdade convoque Silvaldo Leung Vieira para depor. A comissão, ainda não instalada, foi criada no final de 2011 pela presidente Dilma Rousseff para apurar violações aos direitos humanos cometidas por agentes do Estado entre 1946 e 1988.

Em reportagem publicada ontem pela Folha, Silvaldo diz ter sido "usado" pela ditadura (1964-85) para forjar a cena de suicídio de Herzog, que, segundo testemunhas, morreu após ser torturado. O depoimento reforça as contestações da versão oficial feitas por historiadores, parentes e testemunhas.

Para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, "a reportagem revela que há muitas coisas ainda a serem descobertas" sobre o período militar.

Para Ivo Herzog, filho de Vladimir, a história deve ser investigada pela Comissão da Verdade. "Era um fato [a identidade de Silvaldo] que ninguém nunca tinha parado para pensar e investigar".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247