Ministros do STF estão indignados com reunião-circo de Bolsonaro

Dias Toffoli reclamou em tom duro com Bolsonaro ao fim da reunião armada de surpresa pelo governo para pressionar o STF pelo fim da política de isolamento social de Estados e Municípios. Reunião foi transmitida ao vivo pelas redes de Bolsonaro sem prévio aviso. Clima é de profunda irritação e indignação na Corte

(Brasília - DF, 07/05/2020) Reunião com Braga Netto, Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Paulo Guedes, Ministro de Estado da Economia; Dias Toffoli, Presidente do Supremo Tribunal Federal; e grupo de empresários.
(Brasília - DF, 07/05/2020) Reunião com Braga Netto, Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Paulo Guedes, Ministro de Estado da Economia; Dias Toffoli, Presidente do Supremo Tribunal Federal; e grupo de empresários. (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O clima no STF é de irritação e até indignação com a verdadeira “reunião-circo” que o Palácio do Planalto armou na manhã desta quinta-feira (7) na sede do Supremo Tribunal Federal. Bolsonaro tornou tudo numa verdadeira pantomima, atravessando a Praça dos Três Poderes com um grupo de 15 empresários e ministros liderados por Paulo Guedes para pressionar o STF pelo fim do isolamento social, exigindo que a Corte retire poder dos Estados e Municípios para as medidas de combate à pandemia do coronavírus.

Os ministros do STF foram surpreendidos com a transmissão ao vivo da reunião pelas redes sociais de Jair Bolsonaro, que não foi combinada, segundo o jornalista Valdo Cruz, da GoboNews. A reunião aconteceu num clima de pressão sobre o Supremo. No entanto, Toffoli rejeitou a pressão e disse que o governo federal precisa dialogar com governadores e prefeitos e que deve coordenar as ações com eles.

Bolsonaro evitou olhar para para Toffoli enquanto o presidente do STF falava, na reunião, o que causou irritação ainda maior na Corte. Ao fim da reunião, Toffoli disse a Bolsonaro, segundo Cruz, que estava insatisfeito com a pressão que foi armada de surpresa contra ele e ao STF.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247