"Não tem como Aécio ter uma vida partidária", diz Tasso

Presidente interino do PSDB, o senador Tasso Jereissati afirmou que, se Aécio Neves permanecer afastado do senado, ele não tem condições de ser ativo no partido; "Estamos analisando alternativas. Uma delas é que não precisa uma convenção nacional para renovar o comando do partido. Se Aécio ficar afastado, se o Supremo não acatar seu recurso para retomar o mandato, ele não tem como ter vida partidária", disse o senador

Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).
Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do PSDB, defende uma solução para o impasse que vive o partido.

Na opinião do senador, se o STF rejeitar o recurso para Aécio retomar o mandato, que é o cenário mais provável, este não terá condições de retomar a presidência do PSDB.

"Estamos analisando alternativas. Uma delas é que não precisa uma convenção nacional para renovar o comando do partido. Se Aécio ficar afastado, se o Supremo não acatar seu recurso para retomar o mandato, ele não tem como ter vida partidária", disse Tasso.

As informações são de reportagem de O Globo.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247