Petistas desmentem acordo por presidência do Senado

Os senadores do PT Humberto Costa (foto) e Paulo Rocha divulgaram nota nesta tarde desmentindo publicação do jornal Folha de São Paulo sobre suposto acordo na disputa pela presidência do Senado; matéria "não tem a menor procedência, servindo apenas para tentar promover intrigas e supostas divergências políticas", segundo os senadores

Humberto Costa
Humberto Costa (Foto: Romulo Faro)

247 - Os senadores do PT Humberto Costa e Paulo Rocha divulgaram nota nesta tarde desmentindo publicação do jornal Folha de São Paulo sobre suposto acordo na disputa pela presidência do Senado. A matéria "não tem a menor procedência, servindo apenas para tentar promover intrigas e supostas divergências políticas", segundo os senadores. Abaixo a íntegra da nota.

NOTA

A matéria sob o título "PT trocou apoio a PMDB na presidência do Senado por alívio a Dilma", publicada pela Folha Poder, no Uol, não tem a menor procedência, servindo apenas para tentar promover intrigas e supostas divergências políticas, como tem sido a prática do jornalismo de especulação adotado contra o PT nos últimos tempos.

Nem os citados senadores Paulo Rocha e Humberto Costa, tão pouco o Partido dos Trabalhadores, realizaram qualquer tipo de acordo para "salvar os direitos políticos" da ex-presidente Dilma Rousseff, por ocasião do impeachment, como insinua a matéria, baseada apenas em suposições e sem fontes fidedignas.

A verdade dos fatos, objetivos e concretos, é que o debate sobre o tema sob especulação da Folha, como de praxe, será feito ao final do mês janeiro, nos dias 30 e 31, momento no qual a bancada e o partido tornarão pública a posição em relação a sucessão da Presidência do Senado Federal.

Senadores Humberto Costa e Paulo Rocha.
Liderança do PT no Senado.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247