PF conclui que foto de conversa de Santos Cruz contra Bolsonaro e que levou à sua demissão é falsa

Uma das crises políticas mais graves do governo Bolsonaro foi causada por uma fake news: a Polícia Federal concluiu que os prints de diálogos distribuídos em maio de 2019 atribuídos ao general Santos Cruz eram falsos. A divulgação levou à demissão do ex-ministro da Secretaria de Governo.

General Santos Cruz e Jair Bolsonaro
General Santos Cruz e Jair Bolsonaro (Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Chega a ser irônico: uma das crises políticas mais graves do governo Bolsonaro foi causada  por uma fake news. A demissão do general Santos Cruz em 14 de junho de 2019 foi causada pela divulgação de foto de uma suposta conversa de Santos Cruz no Whatsapp com críticas a Bolsonaro.

A Polícia Federal concluiu que os prints dos diálogos, distribuídos em maio de 2019 e abriu uma crise no governo Bolsonaro, informa Camila Matoso, na Folha de S.Paulo. Atribui-se aos filhos de Bolsonaro e a Olavo de Carvalho a armação, mas a PF não identificou os responsáveis.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247