'Presidente tem que ter autocontrole', diz Haddad a Ciro

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, rebateu, pela primeira vez desde o início da campanha, um ataque feito pelo presidenciável Ciro Gomes (PDT) que afirmou que o Brasil não pode ter um "presidente fraco"; "Força de um presidente para mim se dá por firmeza e autocontrole. Tem que ter essas duas qualidades para presidir o pais. Firmeza de propósito e muito autocontrole para evitar provocação. Eu sou uma pessoa firme e controlada", disse 

'Presidente tem que ter autocontrole', diz Haddad a Ciro
'Presidente tem que ter autocontrole', diz Haddad a Ciro (Foto: Reuters | Ricardo Stuckert)

247 - O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, rebateu, pela primeira vez desde o início da campanha eleitoral, um ataque feito pelo presidenciável Ciro Gomes (PDT) que afirmou, nesta quarta-feira (19), que o Brasil não pode ter um "presidente fraco".

"O Ciro é meu amigo, nós pertencemos ao mesmo campo, mas às vezes nós temos conceitos diferentes. Força de um presidente para mim se dá por firmeza e autocontrole. Tem que ter essas duas qualidades para presidir o pais. Firmeza de propósito e muito autocontrole para evitar provocação. Eu sou uma pessoa firme e controlada", disse Haddad.

Haddad, que participou de uma caminhada em Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo, também disse que busca alguém com um perfil "pragmático" para ocupar o Ministério da Fazenda, caso vença as eleições. "Pragmático no sentido de buscar solução para os problemas do povo. Às vezes, os economistas são muito sectários e acham que são donos da verdade", observou,

Indagado sobre qual seria o perfil ideal, Haddad foi enfático: "o meu". A afirmação foi uma referência ao fato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, antes de ser preso e ter sua candidatura barrada pela Justiça Eleitoral, tê-lo convidado para ocupar a pasta em um eventual governo presidido por ele.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247