Primeiro Datafolha após demissão de Moro mostra empate técnico pelo impeachment de Bolsonaro

Pesquisa mostra que cresceu o apoio à sua renúncia e ao seu impeachment, mas ele ainda mantém uma base de 33%, mesmo sem Sergio Moro no governo

Sérgio Moro e Jair Bolsonaro
Sérgio Moro e Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O primeiro levantamento realizado após a saída do ex-ministro da Justiça Sergio Moro mostra empate técnico pelo impeachment de Jair Bolsonaro e crescimento no apoio à sua renúncia. O presidente mantém, no entanto, uma base de 33%, de acordo com o Datafolha.

A pesquisa foi feita nesta segunda-feira 27, três dias depois da demissão de Moro, que foi anunciada na sexta-feira 24. Foram ouvidas 1.503 pessoas por telefone, e a margem de erro é de três pontos percentuais.

Dos entrevistados, 45% apoiam que a Câmara dos Deputados inicie um processo de impeachment contra o presidente, enquanto 48% são contra. Não sabem opinar 6%.

Já o apoio à eventual renúncia de Bolsonaro cresceu em relação à última pesquisa (1 a 3 de abril). De 59% que se diziam contrários ao gesto, agora, são 50%, percentual muito mais próximo do grupo que deseja a renúncia (46%). Esse último dado registrou crescimento de nove pontos (de 37%) no começo do mês.

Enquanto isso, a avaliação geral de Bolsonaro se mostra estável ante à mais recente pesquisa que abordou o tema, no começo de dezembro, de forma presencial. Na pesquisa de hoje, acham Bolsonaro ruim ou péssimo 38%, com 33% dos brasileiros o avaliando como bom ou ótimo e 25%, como regular. Em dezembro, eram 36%, 30% e 32%, respectivamente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247