PSB convida Flávio Dino para se filiar e disputar presidência

Governador do Maranhão, que pretende se candidatar à presidência em 2022, foi convidado a trocar seu atual partido, o PCdoB, pelo PSB. "Abri as portas do PSB para o Flávio Dino, que é um ótimo nome", disse Carlos Siqueira, presidente da legenda

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, convidou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), a se filiar ao partido. Dino é cotado a se candidatar à presidência em 2022. A notícia foi publicada pelo jornal O Globo.

"Abri as portas do PSB para o Flávio Dino, que é um ótimo nome. Mas se ele aceitar e vier, tem que ser porque se reconhece alinhado com as propostas do partido. E não por um projeto presidencial. O nome do partido para 2022 ainda será discutido internamente", disse Siqueira.

Procurado, Dino disse ter uma "ótima relação com o PSB". "É um diálogo muito provável que se estreite. No que isso vai resultar, é como o próprio Siqueira disse: 'Temos que ver mais para frente'".

"Minha relação com o PSB vem de antes do Eduardo Campos. Fui vice-líder do bloco PSB-PCdoB na Câmara. Temos uma trajetória em comum e, por isso mesmo, te diria que, nesse processo de reaglutinação da esquerda, o PSB é um parceiro preferencial do PCdoB. Tenho uma ótima relação com o PSB, que integra o nosso governo aqui no Maranhão. É um diálogo muito provável que se estreite. No que isso vai resultar, é como o próprio Siqueira disse: “Temos que ver mais para frente”. Eu jamais colocaria sobre a mesa a candidatura de 2022 para ir para o PSB. Seria desrespeitoso", declarou o governador.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email