Quadrilha integrada por assessor de Marcos Rogério usava novo corredor das drogas, por isso movimentou R$ 1,5 milhão em 15 dias

O ponto de partida das drogas em território brasileiro seria o município de Guajará Mirim, que tem ampla fronteira com a Bolívia, dotada de laboratórios na região amazônica

Marcos Rogério
Marcos Rogério (Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O assessor do senador Marcos Rogério (DEM-RO), Marcelo Guimarães Cortez Leite, tinha como uma rota privilegiada para escoar drogas, revela reportagem do site Vio Mundo.  permanece foragido, de acordo com a colunista Juliana Dal Piva, do UOL.

De acordo com a publicação, o ponto de partida das drogas em território brasileiro seria o município de Guajará Mirim, que tem ampla fronteira com a Bolívia, dotada de laboratórios na região amazônica. Essa facilidade possibilitou que a região se tornasse a principal rota de entrada de drogas no Brasil através de rodovias, além dos rios  da tríplice fronteira Brasil-Peru-Colômbia, a chamada rota do Solimões.

Segundo a Polícia Federal, isso para explicar que a quadrilha tenha movimentado R$ 1,5 milhão em apenas duas semana. De acordo com as investigações, as remessas seguiam em carretas até Fortaleza, que se tornou um hub regional e internacional do tráfico, pois dali a cocaína seguia em navios ou barcos para a costa da África ou da Espanha.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email