Raupp sobre crise: "ainda vai demorar um pouco"

Insatisfação da bancada do PMDB na Câmara deve continuar, segundo o presidente do partido, senador Valdir Raupp; ele afirmou nesta quinta-feira que as indicações do PMDB para ministérios serão definidas ainda hoje; já indicados para a Agricultura e o Turismo, Neri Geller "foi um consenso no partido", segundo ele; já Angelo Oswaldo "não pacifica nem a bancada do PMDB mineiro"

Senador Valdir Raupp (PMDB-RO) durante instalação dos trabalhos e eleição do presidente e vice-presidente da Subcomissão Permanente de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano
Senador Valdir Raupp (PMDB-RO) durante instalação dos trabalhos e eleição do presidente e vice-presidente da Subcomissão Permanente de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Luana Lourenço – Repórter da Agência Brasil 

O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disse hoje (13) que todas as indicações do partido para a reforma ministerial que a presidenta Dilma Rousseff está fazendo serão definidas ainda hoje.

Um dos nomes indicados, segundo Raupp, é o do secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, para assumir o comando da pasta no lugar de Antônio Andrade. "Esse foi um consenso no partido", disse.

Já o nome de Angelo Oswaldo (PMDB-MG), atual presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), para o Ministério do Turismo, atualmente comandado por Gastão Vieira, "não pacifica nem a bancada do PMDB mineiro", afirmou Raupp. Apesar de não sugerir outro nome para a vaga, a bancada peemedebista na Câmara não apoia a indicação de Oswaldo.

Com a expectativa da confirmação dos nomes ainda hoje, Raupp calcula que alguns ministros tomem posse amanhã (14) ou na próxima segunda-feira (17).

Apesar das indicações, a insatisfação da bancada peemedebista na Câmara deve continuar, segundo Raupp: "Ainda vai demorar um pouco", avaliou. Além dos ministérios, há problemas de entendimento em relação a alianças estaduais e liberação de emendas. Dos 12 ou 13 estados em que PT e PMDB estão em diálogo para formar aliança eleitoral, já há acordo em oito ou nove, de acordo com o presidente do partido.

Raupp se reuniu hoje de manhã com o vice-presidente Michel Temer e participou da cerimônia, no Palácio do Planalto, para anunciar recursos ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email