Renan representa nova ação contra Dallagnol no CNMP

Desta vez, o senador alega atuação político-partidária para perseguir o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. Depois de o ministro conceder habeas corpus em favor do ex-governador do Paraná Beto Richa Deltan teria acionado o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para protocolar uma ADPF e pedir afastamento de Gilmar do caso

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) protocolou uma nova representação disciplinar contra o procurador Deltan Dallagnol no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). 

Desta vez, o senador alega atuação político-partidária do procurador da Lava Jato para perseguir o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.

Na representação, Deltan e outros procuradores conversam no Telegram sobre a necessidade de impedir Gilmar Mendes de julgar casos da Lava Jato. 

Depois de o ministro ter concedido habeas corpus em favor do ex-governador do Paraná Beto Richa, Deltan teria acionado o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para protocolar uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) e pedir o afastamento do ministro do caso.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247