Rui Costa Pimenta: a esquerda está a reboque da direita na luta contra Bolsonaro

Para o dirigente do PCO, a “esquerda está pegando carona na política ‘anti-bolsonarista’ do centrão” e precisa de uma programa mais radical contra o coronavírus. Assista

Rui Costa Pimenta
Rui Costa Pimenta
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, falou em entrevista à TV 247 sobre a política geral da esquerda brasileira diante da crise da pandemia do coronavírus. Primeiramente, sobre o manifesto assinado por membros do PT, PCdoB, PSol, PSB, PDT e outros partidos, Pimenta disse que, apesar de mostrar uma iniciativa contra Jair Bolsonaro, pedir sua renúncia é uma “reivindicação estranha e moderada”.

Para ele, fica expresso que partidos tradicionais da burguesia, como PDT e PSB, passaram a considerar a saída de Bolsonaro, algo que não acontecia antes, e isto se deve principalmente a “uma mudança no estado de espírito do centrão”. Para o dirigente do PCO, o próprio centrão passou a adotar uma política divergente da política do governo federal.

Rui afirma que isso não passa de uma oposição de fachada feita pela direita. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por exemplo, que se elegeu com o discurso bolsonarista, seria um “opositor do Bolsonaro”. Para Rui, a divergência tem origem em contradições reais, mas “em grande medida é fachada”. “Doria não fez nada”, avalia, em referência às medidas anunciadas contra a crise no Estado.

De qualquer forma, Rui Costa Pimenta diz que a “esquerda está pegando carona na política ‘anti-bolsonarista’ do centrão”. “Isso coloca-a a reboque da direita nacional” e é uma “capitulação política”, segundo ele.

Segundo o analista político, o centrão está canalizando a insatisfação contra Bolsonaro porque a esquerda “não quis assumir a liderança na luta para colocar o Bolsonaro para fora”. Ao mesmo tempo, ressalta, “ao invés de fazer oposição a toda a direita, ficam a reboque do centrão”, quando apoiam unicamente o isolamento social para conter o coronavírus, por exemplo. Para Rui, a esquerda precisa de uma programa mais radical contra o coronavírus.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247