Sarney chama de estapafúrdia proposta que tira poderes do STF

Ex-presidente do Senado diz que chance de PEC 33 ser aprovada é nula e felicita imprensa por fazer barulho contra; texto prevê revisão pelo Congresso de decisões do Supremo; afirmação de Sarney é a prova de que, no Congresso, o PT ainda não tem força para enfrentar o poderio dos aliados peemedebistas

Sarney chama de estapafúrdia proposta que tira poderes do STF
Sarney chama de estapafúrdia proposta que tira poderes do STF (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

247 – O ex-presidente do Senado, José Sarney, criticou a PEC 33, que prevê revisão pelo Congresso de decisões do Supremo, e agradece a imprensa por fazer barulho contra. Leia a informação divulgada por Mônica Bergamo, da Folha:

CHANCE ZERO

A chance de a proposta que tira poderes do STF (Supremo Tribunal Federal) ser aprovada no Congresso é nula. É o que diz o ex-presidente José Sarney, que comandou o Senado por vários anos e conhece como poucos o "espírito" do parlamento.

CORPO INTEIRO

"Essa ideia não tem pé nem cabeça nem sentido algum. É estapafúrdia", diz Sarney sobre a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) de um deputado do PT. "Ninguém no Congresso tomou conhecimento." Nem tomaria, diz ele, caso a imprensa não fizesse barulho, apesar de a iniciativa "não ter chance de evoluir". Ele diz que muitas vezes parlamentares apresentam projetos "porque querem aparecer".

BERÇO

Sarney nem sempre concorda com decisões do STF que interferem em processos do Legislativo. Mas acha que a PEC não traz solução. "Todas as leis que prestigiam Judiciário e Ministério Público foram aprovadas pelo Congresso. Foi o parlamento que deu ao STF o poder de ser o guardião da Constituição."

JUNINA

E a família Sarney, que na quarta passada celebrou os 83 anos do patriarca, se prepara para outra festa.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247