Só bolsonaristas apoiam Bolsonaro; filhos estão interferindo, diz pesquisa

Pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT mostra que o apoio a Bolsonaro na sociedade está restrito ao bolsonarismo; a pesquisa indica que apenas 38,9% da população consideram "ótimo" ou "bom" seu governo; o percentual é quase idêntico à fatia do eleitorado que votou nele no segundo turno: 39,3% do eleitorado (57,7 milhões de votos); a pesquisa dá conta do estrago causado pelo clã: para 56,8% dos entrevistados, os filhos do presidente estão interferindo no governo. 

www.brasil247.com - Só bolsonaristas apoiam Bolsonaro; filhos estão interferindo, diz pesquisa
Só bolsonaristas apoiam Bolsonaro; filhos estão interferindo, diz pesquisa (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


247 - Pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte)  mostra que o apoio a Bolsonaro na sociedade está restrito ao bolsonarismo. A pequisa indica que apenas 38,9% da população consideram "ótimo" ou "bom" seu governo. O percentual é quase idêntico à fatia do eleitorado que votou nele no segundo turno: 39,3% do eleitorado (57,7 milhões de votos). A pesquisa dá conta do estrago causado pelo clã: para 56,8% dos entrevistados, os filhos do presidente estão interferindo no governo. 

Os que avaliaram a gestão como regular somaram 29%, e os que o avaliaram como ruim ou péssimo foram 19%.

De acordo com o levantamento, para 75%,1% da população, os familiares, políticos ou não, de um presidente da República não devem influenciar o mandatário nas decisões de governo. Os dados apontam que, para 56,8% dos entrevistados, os filhos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) - vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) - estão interferindo nas decisões do pai no Palácio do Planalto. Sobre a avaliação pessoal, 57,5% aprovam o presidente; 28,2% o desaprovam e 14,3% não sabem ou não responderam.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 Unidades Federativas nas cinco regiões do país entre os dias 21 e 23 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais sobre a pesquisa aqui

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email