Temer convoca Executiva para discutir ação da PF

Reunião foi convocada pelo presidente da legenda, vice-presidente Michel Temer, e vai discutir, entre outros assuntos, a operação deflagrada nesta terça-feira pela PF e que atingiu o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), além de ministros do PMDB; há pressão também para que o partido defina um posicionamento único em relação à aliança com o PT e ao apoio ao governo da presidente Dilma

Reunião foi convocada pelo presidente da legenda, vice-presidente Michel Temer, e vai discutir, entre outros assuntos, a operação deflagrada nesta terça-feira pela PF e que atingiu o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), além de ministros do PMDB; há pressão também para que o partido defina um posicionamento único em relação à aliança com o PT e ao apoio ao governo da presidente Dilma
Reunião foi convocada pelo presidente da legenda, vice-presidente Michel Temer, e vai discutir, entre outros assuntos, a operação deflagrada nesta terça-feira pela PF e que atingiu o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), além de ministros do PMDB; há pressão também para que o partido defina um posicionamento único em relação à aliança com o PT e ao apoio ao governo da presidente Dilma (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil

O PMDB vai reunir amanhã (16) a Executiva Nacional do partido, às 10h30, em Brasília. A reunião foi convocada pelo presidente da legenda, vice-presidente Michel Temer, e vai discutir, entre outros assuntos, a operação deflagrada hoje (15) pela Polícia Federal de busca e apreensão em endereços de lideranças do partido, entre elas o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ministros e ex-ministros peemedebistas.

Segundo interlocutores do partido próximos a Temer, há pressão para que o PMDB defina um posicionamento único em relação à aliança com o PT e ao apoio ao governo da presidenta Dilma Rousseff. Uma parte do partido, ligada a Cunha, defende o rompimento com o Palácio do Planalto.

De olho nas alianças para a eleições municipais de 2016, o PMDB também poderá decidir, na reunião de amanhã, antecipar a Convenção Nacional do partido, que está marcada para março de 2016.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email