Temer será alvo de novas delações

Michel Temer e seus aliados não terão muito tempo para comemorar a provável vitória na Câmara em relação à denúncia de corrupção da PGR; Temer e seu braço direito, o ministro Moreira Franco, serão alvo de novas delações que já estão sendo negociadas com a Procuradoria-Geral da República;  empresas que tentam acertar um acordo de colaboração com a Justiça estão oferecendo aos investigadores revelar ainda mais corrupção com dedo da dupla

michel temer
michel temer (Foto: Giuliana Miranda)

247 -  Michel Temer será personagem das novas delações de empresas que estão sendo fechadas com a PGR (Procuradoria-Geral da República).

Ele surge envolvido em pedidos de recursos para o PMDB. o ministro Moreira Franco (PMDB-RJ) também é citado. Eles negam ter feito solicitações irregulares a empresas.

Novamente na linha de fogo, Temer terá pouco tempo para comemorar sua provável vitória na Câmara na semana que vem.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

A manobra do peemedebista para impedir o andamento da denúncia da PGR por corrupção custou mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, prometidos através de emendas e repasses aos deputados que se comprometessem a votar de maneira favorável ao governo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247