Temer tenta agradar Cunha nomeando seus aliados

Temendo as consequências de novas revelações que seu ex-aliado, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) possa fazer, Michel Temer corre contra o tempo para agradar o parlamentar e atender os pleitos de nomeação de aliados de Cunha no governo; visão foi destacada pelo ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros; para a Coluna do Estadão, entretanto, Temer não estaria agradando Cunha, mas desidratando-o; "Ex-conselheiro jurídico de Cunha, Gustavo Rocha, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, é hoje um dos nomes mais próximos do presidente"

Temendo as consequências de novas revelações que seu ex-aliado, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) possa fazer, Michel Temer corre contra o tempo para agradar o parlamentar e atender os pleitos de nomeação de aliados de Cunha no governo; visão foi destacada pelo ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros; para a Coluna do Estadão, entretanto, Temer não estaria agradando Cunha, mas desidratando-o; "Ex-conselheiro jurídico de Cunha, Gustavo Rocha, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, é hoje um dos nomes mais próximos do presidente"
Temendo as consequências de novas revelações que seu ex-aliado, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) possa fazer, Michel Temer corre contra o tempo para agradar o parlamentar e atender os pleitos de nomeação de aliados de Cunha no governo; visão foi destacada pelo ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros; para a Coluna do Estadão, entretanto, Temer não estaria agradando Cunha, mas desidratando-o; "Ex-conselheiro jurídico de Cunha, Gustavo Rocha, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, é hoje um dos nomes mais próximos do presidente" (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Temendo as consequências de novas revelações que seu ex-aliado, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) possa fazer, Michel Temer corre contra o tempo para agradar o parlamentar e atender os pleitos de nomeação de aliados de Cunha no governo. 

A visão foi destacada pelo ex-presidente do Senado e líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros (AL). Para a Coluna do Estadão, entretanto, Temer não estaria agradando Cunha, mas desidratando-o. Leia abaixo:

"A leitura do líder do PMDB no Senado Renan Calheiros (AL) de que Eduardo Cunha está comandando o governo do presidente Temer tem outra interpretação vinda de interlocutores do ex-deputado. O Planalto está, na verdade, cooptando os aliados da bomba-relógio Cunha.

Ex-conselheiro jurídico de Cunha, Gustavo Rocha, subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, é hoje um dos nomes mais próximos do presidente."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247