Tucano histórico, Alberto Goldman declara voto em Haddad

O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman divulga um vídeo declarando voto em Fernando Haddad (PT); segundo o ex-chefe do executivo paulista, a fala em que Jair Bolsonaro insinua perseguição a opositores "ultrapassou qualquer limite do aceitável"; a informação foi publicada pela coluna Painel

Tucano histórico, Alberto Goldman declara voto em Haddad
Tucano histórico, Alberto Goldman declara voto em Haddad

247 - O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman divulga nesta quarta-feira (24) um vídeo declarando voto em Fernando Haddad (PT). Segundo o ex-chefe do executivo paulista, a fala em que Jair Bolsonaro insinua perseguição a opositores “ultrapassou qualquer limite do aceitável”. A informação foi publicada pela coluna Painel

"Nunca me passou pela cabeça que um dia eu pudesse votar no PT, mas o discurso de Bolsonaro no domingo (21) me colocou além do limite do que é suportável. Contraria princípios constitucionais", disse Goldman. "Não é um voto pelo PT, mas contra Bolsonaro. Ele representa tudo o que abominei e vivi na ditadura militar", acrescentou o tucano, segundo a coluna.

No Facebook, o tucano postou o seguinte texto:

Eu não quero pagar pra ver

Depois de tantos anos de embate com o PT e de ter sido até mesmo responsável direto pela instalação da CPI dos Correios, que desnudou o Mensalão, nunca imaginei votar neles e estava disposto a anular meu voto. Mas Bolsonaro passou dos limites aceitáveis no último domingo, com um discurso que nos traz de volta os momentos mais dramáticos da nossa história. Eu não quero pagar pra ver. Votarei em Fernando Haddad, contra a ameaça aos valores democráticos.

Inscreva-se na TV 247 e assista ao vídeo em que Goldman justifica por que vota em Haddad:

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247