Tucanos perdem o rumo depois do escândalo Aécio

Mesmo tendo projetos presidenciais diferentes, tucanos são unânimes ao avaliar que a citação do nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no esquema de corrupção de Furnas na delação premiada do senador Delcídio Amaral prejudica como um todo o discurso do partido, que vem defendendo o afastamento da presidente Dilma

Mesmo tendo projetos presidenciais diferentes, tucanos são unânimes ao avaliar que a citação do nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no esquema de corrupção de Furnas na delação premiada do senador Delcídio Amaral prejudica como um todo o discurso do partido, que vem defendendo o afastamento da presidente Dilma
Mesmo tendo projetos presidenciais diferentes, tucanos são unânimes ao avaliar que a citação do nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no esquema de corrupção de Furnas na delação premiada do senador Delcídio Amaral prejudica como um todo o discurso do partido, que vem defendendo o afastamento da presidente Dilma (Foto: Gisele Federicce)

247 – A avaliação geral dentro do PSDB é de que o envolvimento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) na delação premiada do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS) prejudica como um todo o discurso do partido, que vem defendendo o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

O discurso pelo impeachment foi reforçado nesta semana, depois que, no domingo, diversas cidades em todo o País foram palco de manifestações contra o governo.

Nos gabinetes tucanos, a palavra de ordem é obstruir qualquer iniciativa do Planalto, manter o Congresso sob pressão e a opinião pública focada no impedimento, de acordo com reportagem no Estado de S. Paulo nesta quarta-feira.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247