Vice de Bolsonaro: país herdou indolência do índio e malandragem do negro

Em evento na Câmara de Comércio de Caxias do Sul, nesta segunda-feira 6, o candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, o General Mourão, disse que o Brasil herdou a "indolência" dos indígenas e a "malandragem" dos africanos

Vice de Bolsonaro: país herdou indolência do índio e malandragem do negro
Vice de Bolsonaro: país herdou indolência do índio e malandragem do negro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Revista Fórum - Vice na chapa do candidato a-presidente Jair Bolsonaro (PSL), o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), lançou a primeira frase preconceituosa da campanha. Em almoço na Câmara de Indústria e Comércio (CIC) de Caxias do Sul nesta segunda (6), Mourão disse que o Brasil herdou a "indolência" dos indígenas e a "malandragem" dos africanos. Foi o primeiro evento público do general na condição de candidato. Ao defender a democracia, Mourão ressaltou que "intervenção militar não é varinha mágica".

Mourão fazia uma explicação sobre as condições de subdesenvolvimento e conflitos políticos e sociais da América Latina – ele definiu a região como um "condomínio de países periféricos". Ao mencionar a "malandragem" dos africanos, desculpou-se com o vereador negro Edson da Rosa (MDB), presente na mesa de de autoridades.

Leia aqui a íntegra.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247