XP/Ipespe: em eventual 2º turno, Bolsonaro e Haddad têm empate técnico

Pesquisa de fevereiro testou alguns cenários de segundo turno para 2022. Numa disputa entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, candidato de Lula à presidência, o placar é de 41% para Bolsonaro a 36% para o petista. Margem de erro do levantamento é de 3,2 pontos para mais ou para menos

Fernando Haddad e Jair Bolsonaro
Fernando Haddad e Jair Bolsonaro (Foto: Abr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta segunda-feira (8) fez simulações de segundo turno na eleição presidencial de 2022. Em uma disputa entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, o candidato do PT indicado pelo ex-presidente Lula, o resultado é de empate técnico.

Bolsonaro registraria 41% das intenções de voto, contra 36% do petista. A margem de erro da pesquisa - realizada com 1.000 pessoas nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro - é de 3,2 pontos para mais ou para menos.

Ainda nessas simulações, Bolsonaro aparece com empate técnico também contra outros adversários, como Sergio Moro, com 32% contra 36% de seu ex-ministro; Ciro Gomes (39% para Bolsonaro a 37% do pedetista) e Luciano Huck (37% a 33% do apresentador da Globo). 

O presidente venceria o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por 37% a 30%; e Guilherme Boulos, presidenciável do PSOL, por 42% a 31%. Entre Moro e Haddad, o ex-juiz da Lava Jato aparece à frente do petista por 43% a 29%.

A mesma pesquisa confirmou tendência de queda na aprovação ao governo Bolsonaro, desta vez de 33% para 30%, enquanto a rejeição saltou de 40% para 42%, principalmente entre os mais pobres. Leia mais aqui.

Confira a íntegra: 


 Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email