Zambelli volta a defender expulsão de Frota: "Seria hipocrisia continuar no PSL"

A situação do vice-líder do PSL, Alexandre Frota, no partido é classificada como “insustentável” pela deputada federal Carla Zambelli, que pretende protocolar na manhã desta terça-feira (6) uma representação no Conselho de Ética da legenda com o objetivo de expulsar o parlamentar por infidelidade partidária

247 - A situação do vice-líder do PSL, Alexandre Frota, no partido é classificada como “insustentável” pela deputada federal Carla Zambelli, que pretende protocolar na manhã desta terça-feira (6) uma representação no Conselho de Ética da legenda com o objetivo de expulsar o parlamentar por infidelidade partidária. A informação é do portal Época. 

O pedido se baseia no estatuto interno, de acordo com Zambelli: “Seria uma tremenda hipocrisia o Frota continuar no PSL”.  Ela critica as recentes manifestações como a entrevista ao colunista Guilherme Amado, da ÉPOCA, onde Frota disse:  “Bolsonaro é minha maior decepção”, além de atribuir nota 4 ao mandato do atual governo. “Isso é papel de oposição, não da  situação”, afirmou Zambelli. “Ele está tendo uma postura reiterada, de um crítica sem embasamento factual”.

De acordo com a deputada, o PSL também questiona a aproximação de Frota com políticos de outros partidos, como o governador de São Paulo, João Doria (PSBD), possível candidato à presidência em 2022.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247