CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Zanin: quem espalhou fake news contra Marisa Letícia responderá judicialmente pelo ato

Após a mídia corporativa espalhar mais uma mentira a respeito de Marisa Letícia, dizendo que ela deixou um patrimônio de 256 milhões (o correto é R$ 26 mil) o advogado de Lula Cristiano Zanin informa que todos os canais responsáveis por disparar fake news contra a ex-primeira dama, atacando sua memória, ficarão sujeitos a responderem judicialmente pelo crime

Cristiano Zanin Martins, Lula e Marisa Letícia
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - Após a mídia corporativa espalhar mais uma mentira a respeito de Marisa Letícia, dizendo que ela deixou um patrimônio de 256 milhões (o correto é R$ 26 mil) em seu inventário, o advogado de Lula Cristiano Zanin informa que todos os canais responsáveis por disparar fake news contra a ex-primeira dama, atacando sua memória, ficarão sujeitos a responderem judicialmente pelo crime. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A mentira a respeito de Marisa Letícia começou nas mãos de um juiz, que havia perguntado, em documento do dia 6 de abril, sobre o valor dos CDBs com uma suposição equivocada, confundindo o valor unitário de cada certificado com o valor unitário de debêntures de outra natureza, gerando um valor estimado muito acima do valor real dos CDBs de Dona Marisa, que correspondem a pouco mais de 26 mil reais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Zanin também informa que a família de Marisa irá tomar as medidas cabíveis que a lei permitir para preservar a sua memória. “E também aguardo uma reparação dos canais que divulgaram as fake news”, acrescenta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

No entanto, ele destaca que “nenhum tipo de retratação foi feita até o momento”, por nenhum canal de mídia que divulgou a mentira. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247 e confira: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE