Brasília 247Voltar para CAPA do 247

Bolsonaro tenta cortar as asas de Mourão

Fotos: Reuters: <p>mourão bolsonaro</p>

O presidente eleito Jair Bolsonaro quer cortar as asas de seu vice Hamilton Mourão e impedir que ele seja responsável por um centro de monitoramento do futuro governo

PSL define Delegado Waldir para a liderança do partido na Câmara

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados: <p>Delegado Waldir </p>

Depois de uma longa reunião com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, o PSL definiu que a liderança do partido ficará nas mãos do deputado Delegado Waldir (GO) e, a pedido do presidente, deve evitar discussões sobre a sucessão para a presidência da Câmara

Deltan Dallagnol na PGR?

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>Deltan Dallagnol</p>

Escreve o jornalista Elio Gaspari, em sua coluna no Globo, neste domingo (9), que o futuro ministro da Justiça, o ex-juiz Sérgio Moro, tentará colocar o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, na Procuradoria-Geral da República no lugar de Raquel Dodge; "tem gente convencida de que o futuro ministro Sergio Moro tentará colocar o procurador Deltan Dallagnol na Procuradoria-Geral da República quando terminar o mandato de Raquel Dodge"

Um terço do alto escalão do governo Bolsonaro será ocupado por militares

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), participa da comemoração do 73 aniversário da Brigada de Infantaria Pára-quedista, na Vila Militar em Deodoro.Foto Fernando Frazão/Agência Brasil</p>

O governo Bolsonaro terá ao menos um terço dos ministérios ocupado por militares, reformados e da ativa; seis das pastas com status formal de ministério – que devem atingir o número de 22, sete a mais que o prometido na campanha – serão chefiadas por integrantes das Forças Armadas; resta apenas a nomeação do ministro do Meio Ambiente

Em pé de guerra, PSL vive ameaça de isolamento

José Cruz/Agência Brasil: <p>bolsonaro</p>

A guerra interna travada dentro do PSL fez com que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, convocasse reunião para a próxima quarta-feira (12), em Brasília, para tentar apaziguar os ânimos; segunda maior bancada da Câmara dos Deputados, com 52 parlamentares eleitos, o partido também se encontra ameaçada de isolamento por conta da articulação de um "blocão" sem a legenda

Contra Renan, senadores cogitam apoiar Tasso

Roque de Sá/Agência Senado: <p>Tasso Jereissati</p>

Temendo encarar o conciliador e fortíssimo candidato Renan Calheiros para mais uma presidência do senado, senadores eleitos do PSDB, PDT, PPS, Rede e setores do PSL começam a cogitar a candidatura do tucano Tasso Jereissati para o biênio 2018-2020. O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) demonstra ter simpatia pelo nome de Tasso, seu ex-adversário no Ceará

Moro desloca general para o Planalto e encolhe Onyx

José Cruz/Agência Brasil: <p>O presidente eleito Jair Bolsonaro e o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante visita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).</p>

Sérgio Moro foi surpreendido com o anúncio feito por Carlos Bolsonaro de que a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), subordinada ao Ministério da Justiça, seria chefiada pelo general Carlos Alberto Santos Cruz; Moro não gostou da atropelada; mas não passou recibo

Intervenção em Roraima começa nesta segunda-feira e vai até 31 de dezembro

Adriano Machado: <p>Presidente Michel Temer 17/10/2018 REUTERS/Adriano Machado</p>

A intervenção federal no estado de Roraima passa a valer a partir de amanhã (10) até 31 de dezembro, quando for publicado no Diário Oficial da União o decreto com a medida; a informação é do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sergio Etchegoyen, que participou de reunião, em Brasília, com o presidente Michel Temer, os conselhos de Segurança Nacional e Defesa Nacional

Notícias mais populares

MÍDIA

Saiba como apoiar o 247 e os Jornalistas pela Democracia

:

Se você já aderiu à nossa campanha de assinaturas solidárias, muito obrigado por apoiar a democratização da mídia e ajudar a financiar a expansão do Brasil 247; caso ainda tenha dúvidas, confira o vídeo da campanha e saiba como participar; conheça ainda o projeto Jornalistas pela Democracia e apoie a criação de conteúdo de diversos profissionais renomados no portal e na TV 247

BRASIL

Sem prestígio e sem agenda, Bolsonaro almoça sozinho em Davos

:

"3,5 mil participantes e 70 chefes de estado e governo. Mas Bolsonaro almoçando sozinho em Davos", descreveu o correspondente do jornal O Estado de S. Paulo, Jamil Chade, em sua página nas redes sociais, ao comentar o desprestígio do presidente Jair Bolsonaro em Davos

Revista Brasil 247

Edição #247

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #407

Colunistas

Colunista

Cronologia do caso Queiroz versus Coaf

Wilson Luiz Muller

Confira cronologia feita com base nos fatos divulgados pelas mídias. Serve como um alerta: as atividades de inteligência financeira e de persecução penal não podem ter viés seletivo ou ideológico, sob pena de o combate à corrupção virar um instrumento simultâneo de perseguição e/ou acobertamento

Colunista

O horror à contradição

Rogério Skylab

As eleições livres não seriam, portanto, o único aspecto de uma sociedade democrática. Se assim fosse, novos direitos não seriam criados e nem seria sublinhada a atividade democrática enquanto contrapoder social, que determina, dirige, controla e modifica a ação estatal e o poder dos governantes

Colunista

Cavalo de Troia no Planalto. Drama shakespeariano

César Fonseca

A vitória da moralidade bolsonariana, fortalecida na prática da mídia eletrônica instantânea, criou fenômeno político midiático: o mito sem história. Como ficam os militares, com esse Cavalo de Troia, no Palácio, soltando merda mole e fedorenta, que não cabe no discurso da eterna conciliação entre as elites eivadas de corrupção?

Colunista

Sem a base, nada se sustenta

Luiz Fernando Padulla

Muitos teóricos podem até dize que a política é cíclica: ora a direita no poder, ora a esquerda. No entanto, acredito que não é bem assim, até porque sabemos que sempre que a esquerda vence as eleições, seja no Brasil ou em tantos outros países (em especial na América do Sul), a direita joga sujo e tenta a qualquer custo tirá-la do poder.

Colunista

A privatização da Previdência: o caso neoliberal chileno (I)

Roberto Bueno

Este é o modelo já foi classificado como uma "anomalia internacional" que é tomado como ideal pelo atual governo antidemocrático brasileiro. Este fracasso é apresentado pelos números do coletivo NO+AFP apontando que a média de aposentadorias por idade se desdobra em 355 mil pessoas cuja média de benefícios alcança níveis bastante abaixo do salário mínimo

Colunista

O Estado irreal da segurança pública no Brasil

Lucas Camargo

Eu vi por correntes ideológicas conservadoras que o "intocável" Moro vai resgatar o dinheiro de bens do tal tráfico de drogas (como se os ricos não consumissem e como se isso fosse uma conquista). Com todos esses anos de coerções equivocadas na Operação Lava-Jato, por onde andam os mais de R$ 6 bilhões de reais recuperados pela AGU nesses acordos de leniência?

Colunista

O Forte de Copacabana e os Usos Políticos do Passado

Bruno Erbe Constante

Longe de qualquer neutralidade, pois assim o faz quem decidiu pelo lado mais forte, chamar este processe histórico de "movimento cívico-militar" é recorrer ao passado e utilizar-se deste dessa forma é preocupante. O golpe – que assim deve ser nomeado – não teve nada de cívico e tampouco foi um movimento militar, fora um processo autoritário 

Colunista

Identidade Nacional pela negação

Henrique Matthiesen

Bandeiras extremadas aparadas pelo pensamento conservador desta luta de classes, e negação social verbalizam-se na constituição manipuladora, do que é a síntese do governo de Bolsonaro. Nada mais segregador do que o discurso de ódio, e negação utilizada atualmente

Colunista

PT deve fechar com centrão em MG

Hélio Rocha

Um fantasma assombra a esquerda mineira que se prepara para enfrentar o mais perigoso dos Executivos estaduais desde Aécio Neves (PSDB, 2003-2010): o Partido dos Trabalhadores deve fechar com essa coalizão

Colunista

As fake news de Bolsonaro em Davos

Altamiro Borges

Em tempo: talvez temendo as perguntas inconvenientes da mídia mundial, que não é tão servil como a nativa, a assessoria do governo civil-militar decidiu cancelar uma entrevista que já estava agendada

Colunista

Um pequeno resumo do Bolsogate

Robson Sávio Reis Souza

Novo trecho do relatório do COAF sobre movimentações bancárias atípicas de Flávio Bolsonaro, aponta um pagamento de R$ 1.016.839,00 de um título bancário da Caixa Econômica Federal. O Coaf diz que não conseguiu identificar o favorecido

Colunista

Precisa desenhar?

Rogério Correia

Contra Lula o juiz que virou ministro precisou inventar um "ato de ofício indeterminado" para condenar. Não precisava de tanto disparate: bastava pegar as provas, aquelas que não acharam em quatro anos contra Lula e são abundantes no pouco tempo de investigação contra os demais

Colunista

O Aroeira da vez

Mauro Nadvorny

A discussão que se abriu, é recorrente. Pregar contra Israel ou seu primeiro ministro é antissemitismo? Ser antissionista é ser antissemita? A resposta para estas perguntas costuma definir entre nós judeus, quem é de esquerda e quem é de direita. Os judeus progressistas dirão que não existe antissemitismo, os de direita o contrário

Colunista

A Covardia Ativa e Fux

Urariano Mota

O ministro Luiz Fux do STF, ao suspender a investigação das irregularidades de Flávio Bolsonaro, ampliou e muito o sentido que os dicionários dão à palavra covardia

Colunista

HÁ DEUS? AH, DEUS. ADEUS!

Lelê Teles

Há indícios contundentes de que um dos filhos de Bolsonaro está metido em tenebrosas transações. Além da movimentação estranhíssima na conta do seu ex-assessor, Queiróz, há nada menos que 48 depósitos pra lá de suspeitos na conta do senador recém eleito. Ato contínuo, os moralistas sem moral apareceram para defender o indefensável

Colunista

A vida das mulheres tem valor

Cleonice Back

O caráter patriarcal, racista e elitista do Estado nunca esteve tão evidente como agora. A luta contra os retrocessos é diária e de toda a sociedade, não é só das mulheres. Continuaremos na vanguarda da resistência contra a retirada de direitos, pela igualdade de oportunidades, por uma vida digna e sem violências