Brasília 247Voltar para CAPA do 247

Deltan Dallagnol na PGR?

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>Deltan Dallagnol</p>

Escreve o jornalista Elio Gaspari, em sua coluna no Globo, neste domingo (9), que o futuro ministro da Justiça, o ex-juiz Sérgio Moro, tentará colocar o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, na Procuradoria-Geral da República no lugar de Raquel Dodge; "tem gente convencida de que o futuro ministro Sergio Moro tentará colocar o procurador Deltan Dallagnol na Procuradoria-Geral da República quando terminar o mandato de Raquel Dodge"

Em pé de guerra, PSL vive ameaça de isolamento

José Cruz/Agência Brasil: <p>bolsonaro</p>

A guerra interna travada dentro do PSL fez com que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, convocasse reunião para a próxima quarta-feira (12), em Brasília, para tentar apaziguar os ânimos; segunda maior bancada da Câmara dos Deputados, com 52 parlamentares eleitos, o partido também se encontra ameaçada de isolamento por conta da articulação de um "blocão" sem a legenda

Moro desloca general para o Planalto e encolhe Onyx

José Cruz/Agência Brasil: <p>O presidente eleito Jair Bolsonaro e o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante visita ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).</p>

Sérgio Moro foi surpreendido com o anúncio feito por Carlos Bolsonaro de que a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), subordinada ao Ministério da Justiça, seria chefiada pelo general Carlos Alberto Santos Cruz; Moro não gostou da atropelada; mas não passou recibo

Bolsonaro testa novo modelo de governabilidade. Vai dar certo?

REUTERS/Adriano Machado: <p>Bolsonaro, em evento em Brasília 14/11/2018 REUTERS/Adriano Machado</p>

O presidente eleito Jair Bolsonaro decidiu abrir mão de um apoio formal de partidos e começou a fechar a composição do seu ministério atendendo a um inédito apoio temático de frentes parlamentares para garantir uma base no Congresso capaz de aprovar promessas de campanha, inclusive a agenda econômica que tem a reforma da Previdência como carro-chefe. O que ninguém sabe é se deputados e partidos votarão sem terem recebido cargos

Bolsonaro e Raquel Dodge fazem as pazes

Valter Campanato/Agência Brasil: <p>O presidente eleito, Jair Bolsonaro realiza visita de cortesia à procuradora-geral da República, Raquel Dodge.</p>

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL-RJ) visitou a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o clima foi tranquilo, diferentemente do histórico de hostilidades que permeou a relação de ambos; Bolsonaro disse que deu muito trabalho a Dodge no passado, mas que o momento é de trabalharem juntos para resolver os desafios do País; o ex-capitão disse que está à disposição da chefe do Ministério Público Federal

Marco Aurélio Mello: auxílio-moradia desgasta o Judiciário

Fellipe Sampaio /SCO/STF: Ministro Marco Aurélio durante sessão do STF. Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF (13/06/2013)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, disse que a demora para a Suprema Corte julgar a questão do auxílio-moradia causa "desgaste para o Judiciário"; desde 2014, o benefício do auxílio-moradia previsto na legislação foi estendido a todos os juízes do País por meio de liminar concedida pelo ministro Luiz Fux, onerando severamente o erário público

Um terço do alto escalão do governo Bolsonaro será ocupado por militares

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), participa da comemoração do 73 aniversário da Brigada de Infantaria Pára-quedista, na Vila Militar em Deodoro.Foto Fernando Frazão/Agência Brasil</p>

O governo Bolsonaro terá ao menos um terço dos ministérios ocupado por militares, reformados e da ativa; seis das pastas com status formal de ministério – que devem atingir o número de 22, sete a mais que o prometido na campanha – serão chefiadas por integrantes das Forças Armadas; resta apenas a nomeação do ministro do Meio Ambiente

Contra Renan, senadores cogitam apoiar Tasso

Roque de Sá/Agência Senado: <p>Tasso Jereissati</p>

Temendo encarar o conciliador e fortíssimo candidato Renan Calheiros para mais uma presidência do senado, senadores eleitos do PSDB, PDT, PPS, Rede e setores do PSL começam a cogitar a candidatura do tucano Tasso Jereissati para o biênio 2018-2020. O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) demonstra ter simpatia pelo nome de Tasso, seu ex-adversário no Ceará

CULTURA

Lula leu 'Grande Sertão Veredas' e 'Cartas de Mandela'

:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva completou oito meses de cárcere político na última sexta-feira (7); desde que chegou a Curitiba, Lula tem dedicado boa parte do tempo à leitura; são livros sobre economia, religião, sociologia, história, dentre outros gêneros; na nova safra de leitura feita por Lula estão o clássico "Grande Sertão Veredas" de João Guimarães Rosa e "Cartas da Prisão" de Nelson Mandela

Revista Brasil 247

'Edição #241

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #401

Colunistas

Colunista

A Constituição de 1988 e o STF

Rogério Skylab

Em política, uma mudança aparentemente repentina é, na verdade, muita lenta. O furacão de 2016, o impeachment político de uma presidenta legitimamente eleita, vem sendo preparado, lentamente, desde os anos 90

Colunista

Casa de Bolsonaro começa a cair

Eduardo Guimarães

Bolsonaro já começará o novo governo cheio de crises e com a intenção de implantar uma agenda extremamente impopular, como a continuação da retirada de direitos e a tão odiada (pela maioria dos brasileiros) reforma da Previdência. Serão quatro anos de crises, se Bolsonaro chegar ao fim do mandato

Colunista

Orlando, Rodrigo e Marielle: Presente!

Cristiano Lima

Orlando, Rodrigo e  Marielle não representavam ameaça ou desordem. Como tantos outros, lutavam para que a justiça fosse, enfim, harmônica a igualdade. Projetavam para que do campo à cidade só se preservassem as diferenças paisagistas e culturais

Colunista

Quem julgará os deuses de Curitiba?

Dimas Roque

Acusado pelo deus Moro, Lula foi perseguido e humilhado publicamente. Seu julgamento, por decisão vinda do novo Olimpo de Curitiba, com direito a vazamento do que acontecia de dentro da sala para os amigos dos deuses instantaneamente

Colunista

Discurso anticorrupção de Bolsonaro não resiste ao Coaf

Chico Vigilante

Creio que o governo Bolsonaro vai implodir antes mesmo de tomar posse. Desmoralizado internacionalmente e internamente, quanto mais se explica mais se enrola. A base de seu discurso de campanha contra a corrupção ruiu completamente e tudo indica que está envolvido nela até o pescoço, segundo dados do COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

Colunista

Será que não devemos mesmo subestimar Bolsonaro?

Bepe Damasco

Diante da infinita capacidade revelada por Bolsonaro de produzir fatos negativos durante as movimentações para a formação de seu governo, já paira uma nuvem carregada de dúvidas em Brasília quanto à possibilidade dele construir as condições mínimas de governabilidade

Colunista

Bolsonaro pode aprender com os coletes amarelos

João Carlos Gonçalves

Primeiro porque podemos, e é bastante possível que isso aconteça, viver uma onda de protestos nos próximos meses no Brasil. Segundo porque, como presidente, deverá atender e administrar os anseios de uma população composta por pessoas que votaram e não votaram nele

Colunista

Café

Urariano Mota

O livro é escrito por uma senhora que descende de povos sem escrita, mas com uma história que o Brasil ainda não sabe, não conhece, ignora, e que se depender do fascista presidente, continua a festejar a própria estupidez e ignorância

Colunista

Os ursos proibidos de serem felizes

Luciane Pires

Dimas e Kátia, assim se chamam os dois ursos que hoje vivem em condições precárias no Zoológico São Francisco do Canindé, no Ceará, mantido por líderes franciscanos. Sua triste vida poderia ganhar uma nova oportunidade, não fosse por ações, no mínimo, suspeitas

Colunista

Independência para o Banco Central?

Paulo Nogueira Batista Júnior

Sempre fui crítico da independência ou autonomia formal do Banco Central, particularmente nas condições brasileiras. De uma maneira geral, nas décadas recentes, o Banco Central tem desfrutado, na prática, de considerável autonomia em relação ao governo no exercício de suas funções. Vale a pena ir além dessa autonomia prática ou informal?

Colunista

Coletes amarelos: Uma raiva explosiva em todo território francês

Marilza De Melo Foucher

Há muito tempo que a raiva se encontrava abafada. Há muito tempo que os franceses assistem à perda de conquistas sociais em nome da eficácia econômica e de um estado capitulado face à ideologia neoliberal. Há muitas décadas que a França sofre de apatia política e o sistema democrático francês com sua 5°. República parece em estado de falência

Colunista

O governo é delas

Roberto Amaral

O governo em instalação, mas já em serviço, tem plenas condições de levar a cabo as ameaças com as quais o capitão e seus sequazes de maior ou menor coturno nos acenam desde a campanha eleitoral

Colunista

Petrobrás: PNG 2019/2023, falta muita transparência

Cláudio da Costa Oliveira

Comparando com o PNG 2017/2021, o plano atual deveria apresentar uma Geração Operacional de Caixa de pelo menos US$ 176 bilhões ( 158 + 9 + 9 ). Portanto, uma diferença de US$ 61,8 bilhões (176-114,2). Afinal, quanto de pagamento de dividendos está previsto para o período? Que contingências são estas? Estão provisionadas?

Colunista

Fátima: um olho no povo e outro na calculadora

William Robson Cordeiro

Fátima tem avisado que as contas não se ajustarão como em um "cavalo de pau". Os primeiros meses serão cruciais para entender a lógica "harmoniosa e contínua" que a governadora Fátima Bezerra pretende implementar. E a briga, que já começou, é para evitar que a turma do Paulo Guedes coma o bolo todo

Colunista

Bolsonaro devolve o Brasil ao Século 19

Miguel Rossetto

O anúncio da extinção do Ministério do Trabalho é um caso de excepcional gravidade. Devolve o Brasil à Republica Velha, pré-trinta, onde trabalhador não tinha direitos e as questões sociais eram caso de polícia. Junto com a reforma trabalhista que fragiliza os direitos e dificulta o acesso do trabalhador a justiça do trabalho, esta extinção é a senha para o saque generalizado aos trabalhadores

Colunista

Fim dos direitos dos trabalhadores

José Guimarães

Nesse momento crucial da história brasileira, compete mais do que nunca às forças progressistas comprometidas com os direitos sociais e às liberdades civis se unirem para impedir essa escalada de retrocessos