Minas 247Voltar para CAPA do 247

Lula: Exército não foi feito para atuar em favelas

:

O ex-presidente Lula, que está em Belo Horizonte nesta quarta-feira, 21, atacou a intervenção militar no Rio e disse que a atuação do Exército nas favelas cariocas é inadequada; "As nossas Forças Armadas não foram preparadas para isso. Tenho uma preocupação porque sei que esse é um tema que mexe com todos os brasileiros, sobretudo os mais pobres", disse ele em entrevista à rádio Itatiaia; para Lula, a ação do governo é uma "pirotecnia"; "Eu temo que essa intervenção no Rio de Janeiro seja uma coisa de pirotecnia, de interesse político. O Temer sabe que o que tirou a Reforma da Previdência da pauta foi a pesquisa dizendo que os deputados não iriam votar"

De olho em capital eleitoral, Alckmin quer Anastasia para o governo de Minas

:

O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) sofrerá, nesta semana, uma nova rodada de pressão de colegas de partido se candidate ao governo de Minas Gerais; tucanos que apoiam do governador paulista, Geraldo Alckmin, à presidência da República entendem que a postulação de Anastasia seria fundamental para o chefe do executivo paulista ter mais chances na corrida presidencial

Stoppa: por que ninguém prende o dono do helicóptero?

:

Apresentador do programa "Leo ao quadrado" na TV 247, Leonardo Stoppa, criticou a intervenção militar no Rio de Janeiro e disse que a medida será inócua; "Você acaba com o tráfico no Brasil não entrando numa favela e metralhando crianças que traficam, porque elas chegaram esta condição, porque a gente tem políticos que usam helicópteros e outros equipamentos de altíssimo nível para trazer pasta base para dentro do Brasil", disse ele; Stoppa se referiu ao caso conhecido como Helicoca, quando a Polícia Federal apreendeu 450 kg de pasta-base de cocaína dentro de um helicóptero que pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella (PTB-MG)

Jô Moraes: 'A democracia neste momento está ameaçada'

: <p>Plen�rio Ulysses Guimar�es Sess�o Solene em homenagem ao vice-presidente da Rep�blica Jos� de Alencar Dep. jo Moraes Foto: Janine Moraes 27.04.2010</p>

Na sessão de votação do decreto de intervenção militar no Rio de Janeiro, na madrugada desta terça-feira, a deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG) alertou para "a gravidade do momento", ao denunciar a "falta de lastro orçamentário e logístico para esta ação, bem como o sucateamento das Forças Armadas"; "É muito grave que votemos este Decreto de intervenção sem sequer o governo apresentar quais as medidas que se fazem necessárias, qual o Orçamento para implementá-las", disse a deputada

Com intervenção do Exército no Rio, PM reforça fiscalização na divisa

Manoel Marques/imprensa-MG: <p>Governador Fernando Pimentel participa dos Fóruns Regionais de Caratinga. 30-11-2017-Caratinga Foto: Manoel Marques/imprensa-MG</p>

A Polícia Militar de Minas reforçou o policiamento na divisa com o Rio de Janeiro para impedir a migração de criminosos fluminenses para o Estado, após a intervenção das Forças Armadas na capital do Rio; “A PM está com muita atenção, sobretudo na divisa com o Rio de Janeiro. Mas é importante frisar que já tivemos outras ocasiões da presença de tropas federais no Rio e que não surtiram nenhum reflexo em Minas", explicou o comandante

Tiradentes e Camanducaia chegam ao topo do ranking do turismo nacional

: <p>06-30-2008 visitas do vice-gov a Muriae jc</p>

As cidade mineiras de Tiradentes e Camanducaia atingiram o topo do ranking do turismo nacional segundo a nova categorização do Ministério do Turismo, divulgada na quinta-feira (8/2); o crescimento no número de empregos no setor de hospedagem, bem como dos estabelecimentos formais de hospedagem, e o aumento do fluxo turístico doméstico e internacional, foram determinantes para que os municípios subissem da categoria B, em 2015, para a categoria A

Na gastronomia, Minas continua com uma de suas principais delícias: o queijo

:

Uma das maiores delícias de Minas Gerais tem apenas seis letras: queijo; passear pelo estado sem se deparar com estabelecimentos que vendem queijos artesanais é como "comer sem saborear"; e uma das principais cidades dona de um queijo que dá água na boca é Serro, a 330 km de Belo Horizonte, no Vale do Jequitinhonha; com 20 mil habitantes e mais de 300 anos, o município tem um modo artesanal de fazer queijo considerado patrimônio imaterial, sendo reconhecido internacionalmente; segundo a Codemig, o estado é a unidade federativa que mais investe em gastronomia no País; a produção queijeira no estado tende a ser impulsionada pelo programa +Gastronomia, lançado pelo governador Fernando Pimentel; assista ao vídeo apresentador pela jornalista Maíra Lemos

Ex-reitor da UFJF é preso em operação da PF e MPF

Divulgação:

Na manhã desta quarta-feira (21), a Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram a operação "Editor", para apurar fraudes em uma licitação da obra de ampliação do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU-UFJF); o levantamento indica um prejuízo de R$ 19 milhões devido aos crimes de fraudes em licitação, falsidade ideológica, concessão de vantagens contratuais indevidas, superfaturamento e peculato

MG prevê R$ 5 bilhões extras para quitar salários em maio

Manoel Marques/imprensa-MG: <p>Governador Fernando Pimentel participa dos Fóruns Regionais de Caratinga. 30-11-2017-Caratinga Foto: Manoel Marques/imprensa-MG</p>

Recursos extras de R$ 5 bilhões são a aposta do governador Fernando Pimentel (PT) para pôr fim ao parcelamento de salários e quitar as dívidas com as prefeituras; a verba viria da capitalização da dívida ativa do Estado e o governo contaria com os recursos em maio de 2018

BRASIL

Luis Felipe Miguel: disciplina sobre o golpe ‘se alinha com valores em favor da democracia’

:

O cientista político Luis Felipe Miguel publicou em seu Facebook um texto criticando a forma como a imprensa brasiliense abordou o fato de que, segundo o site Poder360, ele vai lecionar no  Instituto de Ciência Política da UnB, uma disciplina sobre o golpe parlamentar contra Dilma Rousseff; de acordo com o analista, a disciplina "se alinha com valores claros, em favor da liberdade, da democracia e da justiça social, sem por isso abrir mão do rigor científico ou aderir a qualquer tipo de dogmatismo"    

Revista Brasil 247

Edição #197

Revista do dia

'Revista Saúde 247 - Edição #113

Colunistas

Colunista

Alckmin deixa Doria ser candidato ao governo, mas não necessariamente para ganhar

Renato Rovai

Nesta terça (20), o PSDB de São Paulo aprovou a antecipação das prévias para a candidatura ao governo do Estado.  Num lance muito mais inteligente do que a interpretação dos analistas, Alckmin fez parecer ter fechado com Dória, mas ao fim e ao cabo fechou foi com ele próprio. O prefeito vai se desincompatibilizar no final do mês que vem. E a prefeitura passará às mãos de Bruno Covas, que tem sido fiel escudeiro do prefeito, mas que de origem é mais fiel ao governador

Colunista

Rio de Janeiro, tão longe do céu, tão perto da Globo

Edison Brito

Não podemos subestimar o Michel Temer. Ele deve ser levado muito a sério. Afinal, o traidor é um constitucionalista. Deu aula na PUC. Teoricamente conhece muito da carta magna, certo? Bem, a intervenção no Rio de Janeiro faz parte desse processo de garantia de continuidade do golpe. Rio, tão longe do céu, tão perto da Globo

Colunista

Temer, CNBB e a violência

Nilto Tatto

Cruel e sempre assustadora, a violência se manifesta em diferentes faces. E no cerne de sua expressão, a vida e a dignidade das pessoas, sobretudo entre os mais vulneráveis, são violadas constantemente. Temer adota um álibi de combate à violência que não se sustenta com essa infame intervenção no Rio de Janeiro, uma vez que o estado está longe de figurar entre os primeiros lugares nesse lamentável ranking

Colunista

CESP pode ser privatizada por Alckmin nos próximos dias

Luiz Henrique Dias

Responsável por 1,65 gigawatts de potência instalada em três usinas, a empresa é vista como muito lucrativa - a Bovespa tem mostrado isso com fortes altas das ações sempre que o governo paulista fala na venda da CESP; a gestão Alckmin chegou a agendar um leilão para 2017, mas inseguranças jurídicas quanto a renovação dos contratos de energia por parte do governo Temer atrapalharam os planos; a previsão é de publicação do novo edital de privatização até abril 

Colunista

O RJ merece mais democracia e empregos

Izídio de Brito Correia

A saída para o RJ é complexa, mas passa pela necessária intervenção democrática com a convocação de novas eleições gerais para restaurar a autoridade governamental e civil no Estado. Também será fundamental uma intervenção social com o retorno de investimentos nas áreas da saúde, educação e segurança pública

Colunista

As perspectivas de Lula

Guilherme Scalzilli

Persistindo a postura hostil às cortes, negar a perspectiva da prisão de Lula seria uma forma de contribuir com o esforço em legitimá-la sob a falácia da imprevisibilidade. O foco do lulismo precisaria se ater mais à escandalosa iminência do fato que à expectativa de impedi-lo

Colunista

Nada vezes nada!

Ângelo Cavalcante

A polêmica e confusa intervenção militar acontecida por sinal, de repente, não mais que de repente, já faz estragos dos piores na vida dos cariocas e tanto faz se é "gente de bem", "do mal" ou "mais ou menos". Mas não só... É questão para todo o país. O dilema mais nevrálgico pulula: quem será o próximo?

 

 

 

Colunista

Intervenção eleitoral de Temer

Camila Moreno

Por que a Intervenção Militar ocorrerá no Rio então? Porque a Globo fica lá, porque é uma cidade de destaque político, internacional e cultural do Brasil. O Rio é vitrine. É uma jogada de marketing de Temer. Em troca dessa última cartada de Temer estão as vidas da população pobre, negra e periférica no Brasil

Colunista

Bolsonaro não é Aécio, mas virou pó

Esmael Morais

O deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) virou pó depois que Michel Temer lhe roubou a única bandeira com a intervenção militar no Rio de Janeiro. Bolsonaro passou recibo em entrevista ao Poder 360: "Temer já roubou muita coisa, mas meu discurso ele não vai roubar, não"

Colunista

Avança o fascismo e o Estado policialesco

Daniel Samam

Não estou aqui fazendo alardes sobre uma eventual ditadura militar, que isso fique bem claro. Mas estou sim, denunciando o aprofundamento perigoso de um Estado Policialesco, com uma justiça e um centro-conservador político de orientação claramente protofascista. A situação é muito grave

Colunista

Verbas públicas para Globo aumentaram 63% em 2017

Miguel do Rosário

Uma pesquisa feita hoje pelo Cafezinho junto ao banco de dados da Secom, cujos dados são abertos, verificou que somente os gastos publicitários da presidência da república e dos ministérios, na Globo, sem considerar a publicidade das estatais, que permanece em sigilo, totalizaram R$ 52 milhões em 2017, um aumento de 63% sobre o ano anterior, e de 77% sobre 2015

Colunista

Atirando pra matar

Maister F. da Silva

A Rede Globo clama por uma algema e o Judiciário apequena-se diante do vulto de Lula, que hoje com mais de 40 anos de vida pública e lutas junto ao povo brasileiro caminha abraçado a duas deusas: A GLÓRIA E A HISTÓRIA, privilégio de alguns poucos como Zumbi

Colunista

Um País condenado?

Lula Miranda

O poeta e colunista do 247 Lula Miranda resume a tragédia brasileira em meio à eventual prisão do maior líder popular que o País já teve; "Crise terminal na Saúde pública...Na Segurança...A Educação em ruínas....Empresas, antes sólidas e prósperas, entrando em bancarrota...Mais de 13 milhões de desempregados... Os piores canalhas governam o país...", diz ele; "O país afunda à beira de uma iminente conflagração. O Brasil numa situação dessas e a elite escrota querendo colocar seu principal líder na cadeia. Só pode ser auto-sabotagem 'patriótica' uma coisa dessas..."

Colunista

A ironia desafia e a loucura reage

Décio Lima

O carnaval de 2018 ensejou um novo e marcante personagem – a Ironia. A Paraíso do Tuiuti conquistou um lugar na História e não somente em relação ao Carnaval, mas também no rol das manifestações de protesto e denúncia feitos com rara inteligência e talento

Colunista

Crítica da razão golpista

José Marcus de Castro Mattos

A intervenção militar golpista não é para 'combater o crime organizado' e/ou 'manter a ordem pública'. Ela tem por objetivo esmagar no nascedouro a insurreição popular que se manifestara no Carnaval através de saques a lojas, super-mercados, shoppings, etc, e pelo desafiador desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti

Colunista

Intervenção que começou a séculos

Pedro Augusto Pinho

O que é ser nação independente? É a que tem soberania. Mas que soberania? Não é só apresentar-se como um País, reconhecido pela autonomia formal com que ocupa assento em foros internacionais. Esta soberania, que adjetivaremos política, só é efetiva se a ela acrescentarmos as soberanias econômica, tecnológica e social

Fechar