Paraná 247Voltar para CAPA do 247

“Tempos difíceis”, diz Alvaro Dias, sobre salvação de Aécio

:

"O corporativismo instalado estabelece como regra a defesa dos integrantes da instituição. O Senado decidiu na contramão do que deseja a sociedade brasileira. O povo do país quer a eliminação dos privilégios e a votação do Senado alimentou os privilégios", disse Alvaro Dias, do Podemos; o partido fechou questão contra Aécio Neves

Moro dá pistas de que Lava Jato está chegando ao fim

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil: <p>O juiz federal Sergio Moro participa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado de audiência pública sobre projeto que altera o Código de Processo Penal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)</p>

Embora muito aguardada, a entrevista do juiz federal Sérgio Moro, conduzida por Gerson Camarotti na Globonews, foi recheada de perguntas mornas; após se recusar a comentar as acusações de Lula, que o acusa de julgar com parcialidade, Sérgio Moro deu pistas de que a Lava Jato pode estar chegando ao fim, mas reconheceu que a força-tarefa não acabará com a corrupção do país; “O que é importante é aproveitar esse momento para que pudéssemos reduzir a corrupção a níveis mais toleráveis”, cravou

Moro manda hospital provar que advogado de Lula foi hospitalizado

LULA MARQUES: <p>30/03/2017- Brasília- DF, BRasil- Juiz Sergio Moro durante depoimento na comissão de reforma do Código de Processo Penal Foto: Lula Marques / AGPT</p>

O juiz federal Sérgio Moro pediu que o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, comprove que o advogado de Lula, Roberto Teixeira, deu entrada no hospital no segundo semestre de 2015; O intuito é averiguar o depoimento do empresário Glaucos Costamarques, que alega ter recebido os aluguéis somente no fim de 2015

MP-PR recorre da decisão que absolveu 13 PMs acusados de homicídio

Reprodução/RPC:

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) recorreu da decisão que absolveu 13 policiais militares acusados de matar cinco suspeitos de roubar um carro, no ano de 2009, em Curitiba; foi o maior julgamento do estado por causa do número de réus e de testemunhas arroladas – 47 de defesa (algumas foram) e dez de acusação; os policiais foram absolvidos dos crimes de homicídio triplamente qualificado e fraude processual pela morte

Dallagnol diz que proteção a Aécio coloca a justiça em xeque

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil | Marcos Oliveira/Agência Senado:

Procurador da Lava Jato teme que, depois da decisão que beneficiou Aécio Neves, a Suprema Corte altere a regra sobre a prisão de condenados em segunda instância, para deter a punição de réus ilustres, entre eles o ex-presidente Lula; "O receio é que, conforme a investigação tenha se dirigido a uma totalidade de partidos políticos, a políticos relevantes de todo espectro ideológico exista uma espécie de freio por parte do Supremo Tribunal Federal, impedindo a responsabilização de pessoas poderosas", disse, em entrevista ao jornalista Josias de Souza

DCM: juiz da Operação Mãos Limpas dá lição a Moro

LULA MARQUES: <p>Juiz Sergio Moro durante depoimento na comissão de reforma do Código de Processo Penal </p>

"Eu nunca falei sobre a situação de um acusado, mas somente sobre atos judiciários. Eu pessoalmente evito falar de pessoas que foram meus acusados, mesmo depois do processo. Quando vou às escolas, eu procuro evitar falar de acusados, mesmo depois de passados dez anos, 15 anos. É uma questão que, pelo que me diz respeito, que vai além do texto legal", disse Gherardo Colombo, em entrevista destacada pelo jornalista Kiko Nogueira

Moro: Datafolha perde tempo quando coloca meu nome

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil: <p>O juiz federal Sérgio Moro participa de apresentação de um conjunto de medidas contra a impunidade e pela efetividade da Justiça, na sede Associação dos Juízes Federais do Brasil (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)</p>

Em entrevista na noite de terça, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, reiterou que não pretende se candidatar à Presidência em 2018, apesar de aparecer bem posicionado nas pesquisas de intenção de voto do Datafolha: "A pesquisa perde tempo quando coloca o meu nome, porque não serei nenhum candidato", afirmou

Requião: Senado mostrou 'profunda complacência' com corrupção

:

O senador Roberto Requião (PMDB) lamentou, em seu Twitter, a ajuda da maioria de seus colegas ao parlamentar Aécio Neves (PSDB), na noite desta terça-feira; "O senado mostrou profunda complacência e auto complacência com a corrupção", escreveu o senador paranaense; com 44 votos, o plenário do Senado salvou Aécio e devolveu ao mineiro direito de exercer mandato de senador, anulando também a sanção do STF que determinava o recolhimento noturno do ex-presidente do PSDB

BRASIL

Ciro veste o que mais critica nos adversários: o oportunismo, diz Luis Miguel

:

O historiador Luis Felipe Miguel, em seu Facebook, faz uma análise da postura política de Ciro Gomes e diz que o político do PDT é tão oportunista quanto os rivais que tanto critica; para o historiador Ciro está equivocado ao dizer que Lula "passionaliza" o debate: "Lula chegou ao poder justamente por adotar a sua versão mais branda, analisa Luís Felipe 

MÍDIA

Josias: Aécio se tornou gambá fedorento para o PSDB

:

"O PSDB adota uma postura contraditória: diz lutar por um partido limpo, mas defende um companheiro enlameado", diz o colunista Josias de Souza; segundo ele, o senador Tasso Jereissati "luta por um partido limpinho ao mesmo tempo que tenta zelar pelo conforto do companheiro enlameado"; "Ainda não se deu conta. Mas faz o papel do sujeito que tenta fugir do mau cheiro abraçado a um gambá", diz o colunista

Revista Brasil 247

Edição #176

Revista do dia

Revista Saúde 247 - Edição #95
Fechar