Rio 247Voltar para CAPA do 247

Humilhação aos pobres consolida ditadura Temer

ABR:

Imagens de pobres fichados nas comunidades carentes do Rio de Janeiro arruína de vez a imagem do Brasil, que vem sendo pisoteada desde o golpe de 2016; depois do golpe dos políticos corruptos contra a presidente honesta Dilma Rousseff e da condenação sem provas do ex-presidente Lula, para retirá-lo das eleições de 2018, o Brasil, antes admirado, passa a ser o País em que um usurpador da presidência, denunciado por corrupção e comando de quadrilha, coloca o Exército nos morros para fichar os pobres; em dois anos de golpe, Brasil retrocede dois séculos

Militares destroem barricadas e incentivam denúncias em alto falantes

Tânia Rêgo/Agência Brasil: <p>Rio de Janeiro - As Forças Armadas participam hoje (18) de uma operação conjunta com a Polícia Federal e as polícias estaduais na comunidade do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro (Tânia Rêgo/Agência Brasil)</p>

As Forças Armadas e as polícias Civil e Militar realizam operações nas favelas Vila Aliança, Coreia e Vila Kennedy, no Rio de Janeiro, onde destroem barricadas do tráfico, revistam carros e pedem documentos de quem entra na favela; caminhões do Exército trabalham com alto falantes e divulgam um número de telefone para denúncias; ação ocorre dois dias após criminosos assassinarem o subcomandante da UPP da Vila Kennedy, o segundo tenente Guilherme Lopes da Cruz, 26

Rafaela Silva relata racismo em parada policial: “preto não pode andar de táxi?”

Getty Images: <p>Rafaela Silva</p>

A judoca Rafael Silva, campeã mundial de judô em 2013 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, publicou um vídeo em que relata ter sido vítima de racismo em uma parada policial na noite desta quinta-feira 22 no Rio; "O policial falou: 'ah tá, pode ir lá então, achei que tu tinha pego (o táxi) na favela'. Agora preto nem de táxi pode andar que deve estar assaltando, roubando", afirma a atleta, que já havia relatado o abuso policial em seu Twitter; assista

Militares estão fotografando moradores que saem de favelas no Rio

Tânia Rêgo/Agência Brasil:

Militares estão fotografando todo mundo que sai das favelas Vila Kennedy, Coréia e Vila Aliança, na Zona Oeste, durante operação nesta sexta-feira (23); diferentes pontos de identificação foram montados em diversas saídas das comunidades; as pessoas só podem deixar suas regiões após passarem pelo cadastramento das Forças Armadas; foto e o RG dos moradores são enviados por um aplicativo para um setor de inteligência das forças de segurança, que avalia se o identificado tem anotação criminal

Temer rejeitou afastar Pezão porque 'seria algo muito radical'

Beto Barata/PR: <p> </p>
<p><strong>Brasília - DF, 16/02/2018) (E/D) Presidente Michel temer e o Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.</strong></p>
<p><strong>Foto: Beto Barata/PR</strong></p>
<p> </p>

Michel Temer afirmou nesta sexta-feira, 23, que o afastamento do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), chegou a ser cogitado durante as discussões da intervenção militar no Rio; "Levantaram a hipótese (da intervenção total) e eu disse não. Seria algo muito radical", disse Temer em entrevista ao jornalista José Luiz Datena; segundo Temer, as Forças Armadas não vão fugir do confronto com os criminosos no Rio de Janeiro, caso seja necessário

Verdadeiro motivo da crise no Rio: desempregados subiram 157% em 3 anos

REUTERS/Paulo Whitaker: <p>Pessoas olham anúncios de emprego em rua no centro de São Paulo, Brasil 29/06/2017 REUTERS/Paulo Whitaker</p>

Dados da Pnad Contínua divulgados pelo do IBGE nesta sexta-feira (23), mostram que o verdadeiro motivo da crise de segurança pública no Rio; entre 2014 e 2017, o número de desempregados saltou de 494 mil para 1,2 milhão no esado, uma alta de 157%, especialmente devido a demissões na indústria e na construção civil; considerando todo o Brasil, o crescimento médio no número de desempregados em três anos foi de 86,4%

Presidente da Fecomércio-RJ é preso na Lava Jato

REUTERS/Ueslei Marcelino: <p>Agente da Polícia Federal visto durante operação no Rio de Janeiro. 30/01/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino</p>

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, a Operação Jabuti, na 49ª fase da Lava Jato, e prendeu o presidente da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), Orlando Diniz; ele é suspeito de contratação de funcionários fantasmas com dinheiro destinado ao Sesc e ao Senac; outras três pessoas são alvos de mandados de prisão; investigadores apuram indícios de que Diniz usou o esquema de lavagem montado pela organização criminosa do ex-governador Sérgio Cabral para lavar dinheiro

Defensoria Pública: fichamento de moradores parece prática da ditadura militar

Tânia Rêgo - ABR:

A Defensoria Pública do Estado do Rio informou que vai requerer às Forças Armadas informações pelas fotos de moradores da Vila Kennedy, na zona oeste, feitas por militares na operação no Rio; "Tem de haver transparência. Para onde estão sendo mandadas essas imagens? Isto remonta a práticas antigas, da ditadura", afirmou o defensor Daniel Lozoya; em texto assinado por outro defensor, o órgão também manifestou "sua veemente discordância com o 'fichamento' de moradores de comunidades fluminenses "

‘Imparcialidade virou um detalhe irrelevante no estado de exceção’

:

Deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) criticou o juiz Marcelo Bretas, ao dizer que o magistrado, "além de juiz e fuzileiro nas horas vagas, virou assistente de direção num filme sobre a lava Jato, onde exerce uma de suas múltiplas atividades"; "E a imparcialidade do juiz? Bem, isso virou um detalhe irrelevante no estado de exceção em que vivemos", disse

MÍDIA

MPF manda PF investigar dono da Joven Pan por sonegação e lavagem

Divulgação:

O Ministério Público Federal determinou à Polícia Federal que abra inquérito para apurar a denúncia contra Antônio Augusto do Amaral Filho, o Tutinha, dono da Jovem Pan e do Pânico, pelos crimes de evasão de divisas, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e associação criminosa, aponta reportagem de Joaquim de Carvalho, no DCM; acima o imóvel de Tutinha em Nova York

Revista Brasil 247

Edição #197

Revista do dia

'Revista Oásis - Edição #362

Colunistas

Colunista

Salto no escuro

Orlando Silva

Desmoralizado e sem legitimidade para encabeçar a luta contra o crime organizado, Temer tenta criar um factoide ao intervir na segurança daquele estado para iludir a população. Ele cria uma cortina de fumaça sobre esse fenômeno que não se localiza apenas na sociedade fluminense

Colunista

Carta ao general Braga Netto

Frei Betto

Salve a imagem do Exército, general. E convença os governantes do povo fluminense e carioca a renunciarem, para que sejam convocadas eleições antecipadas. A democracia é sempre a melhor alternativa!

Colunista

Quem desfechará o golpe final?

Luiz Cláudio Machado dos Santos

O deslizamento da situação em direção ao autoritarismo sem pudor é evidente e, creio, sem volta, na perspectiva do roteiro de ação preparado pelas forças atuantes nas sombras. São muitos os movimentos entre o Planalto, o Gabinete de Segurança Institucional e as forças armadas

Colunista

Golpistas odeiam a palavra golpe

Erika Kokay

A UnB nasceu para formar cidadãs e cidadãos críticos, inquietos e engajados com a transformação da realidade social brasileira. Não calarão uma universidade que tem um compromisso histórico com a educação como prática de liberdade

Colunista

Ministério da Segurança Pública ou Ministério da Amazônia?

Pedro Augusto Pinho

A Amazônia Azul, o mar territorial brasileiro, onde se encontram o pré-sal e quase a totalidade de nossas reservas de petróleo, pode ser estimada em 7,5 trilhões de USD (barril a US$ 50). Ao optar pelo Ministério da Segurança Pública, ao invés de um Ministério da Amazônia, estaremos dando a prova de buscar a farsa à verdade, o ganho estrangeiro ao desenvolvimento brasileiro

 

Colunista

O decreto

Nêggo Tom

Letra e Música de Nêggo Tom: Pare! Mão na cabeça! Diga onde vai? E eu não quero ouvir, nem um, ai! E vai falando o que faz aqui. Nós somos soldados, e até onde eu sei. Fomos chamados pra manter a lei. E os meus olhos estão sobre ti

Colunista

Entrevista com o colunista do Jornal Brasil 247

Cássio Vilela Prado

Sinceramente, a transmissão de alguma coisa é um problema quando se usa apenas a linguagem escrita ou falada. Acho que concordo com Nietzsche: “Melhorar a humanidade? Eis a última coisa que eu prometeria”. Às vezes a gente tem uma recaída e tenta alguma melhora, mas sem promessa! (risos)

Colunista

O partido mandou me chamar

Urariano Mota

Eu, que tanto penso em literatura, nos romances, no mundo da cultura, nos amigos e nas mulheres heroicas da luta socialista, fui me encontrar com  um comunista que só pensa na revolução. É no que dá um encontro de sábado de carnaval

Colunista

Rui Costa Pimenta, a voz necessária

Christiane Granha

Ao convidá-lo, 247 mostra que seu radar detectou uma voz que precisa ser ouvida e discutida, nem que seja para discordar. Afinal, a gente já está ficando cansada  de ouvir quem não foi ainda capaz de acertar

Colunista

Liberdade, abre as asas sobre nós

Chico Vigilante

Daqui a pouco vão nos impedir de usar camisetas com poemas que não agradem as elites, ver filmes sobre nossa história recente, cantar canções de protesto ao golpe. Teremos que parar de pensar também? Assim foi na ditadura militar que dominou o Brasil mais de 20 anos

Colunista

A noite é mais escura antes do amanhecer

Décio Lima

É tempo de continuar lutando, de levantar as velas para que se inflem com os ventos da liberdade, da justiça e da democracia e sobretudo de ter coragem e esperança porque, no horizonte, a luz começa a romper uma das noites mais trágicas de nossa história

Colunista

Segurança Pública e pacto democrático

Walter Sorrentino

Rio, cidade que é caixa de ressonância nacional, está no descalabro político-administrativo. O crime organizado infiltrou-se nas instituições e a insegurança pública é galopante. O povo do Rio não merece essa situação, clama por soluções urgentes contra a violência, com razão. Não é possível deixar de se solidarizar com os cariocas

Colunista

Corrupção se combate pelo exemplo

Celso Raeder

O combate à corrupção nunca esteve tão em moda no Brasil. São muitos os motivos que justificam o sentimento de impunidade, mas quero destacar um, que considero a mãe de todas as desconfianças: a seletividade

Colunista

Notícia alvissareira: esquerda dá um passo rumo à unidade

José Reinaldo Carvalho

Em meio a tantas vicissitudes, desencontros, expressões de desânimo e confusão política e ideológica próprios de um momento de defensiva das forças democráticas e populares, um fato alvissareiro: o lançamento de um programa político, com projeção tática e estratégica, pelos partidos PCdoB, PT, PSOL e PDT

Colunista

Em defesa da liberdade de ensino e da Constituição

Fátima Bezerra

Demonstrando desconhecer os tópicos e a bibliografia da mencionada disciplina e os princípios constitucionais, Mendonça Filho reagiu como um censor em tempos de ditadura civil-militar ou como um militante do MBL a reivindicar uma escola sem partido, ou seja, uma escola desprovida de pensamento crítico

Colunista

Tem certos dias….

Washington Luiz de Araújo

Ambas chocantes, as fotos levam a gente a várias reflexões e revolta. fico pensando no trauma destas crianças confrontadas desta forma. Estes caras estão preparados para enfrentar criminosos se não sabem nem discernir criança de bandidos? 

Colunista

Vencemos uma batalha...

Paulo Paim

O governo federal suspendeu a proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência. Ele sentiu o calor das ruas contra essa verdadeira barbárie que iria liquidar com o direito da aposentadoria e matar os sonhos da nossa juventude

Colunista

Segurança se faz com gestão; e não com intervenção

Durval Ângelo

O governo Pimentel demonstra que segurança pública se faz com gestão e investimentos, e não com intervenção.É bom lembrar que o “vampiro” congelou os gastos públicos por 20 anos, impondo cortes de recursos imprescindíveis à segurança pública e a programas sociais. A crise que assola o Rio é reflexo disso

Colunista

Lava jato já respira por aparelhos

Esmael Morais

Nesta nova pauta — de guerra ao ‘crime’ — não o de colarinho branco — não há espaço algum para a lava jato. Por isso a força-tarefa do juiz Sérgio Moro respira por aparelhos. Portanto, a operação de hoje pode ser apenas um dos últimos espasmos

Colunista

STF volta a sinalizar com habeas corpus favorável ao ex-presidente Lula

Esmael Morais

O STF acenou fortemente  pela concessão de habeas corpus a Lula. Dois eventos, embora não digam a respeito do caso do petista, sinalizam nesta direção: concessão de habeas corpus coletivo para mães e gestantes presas e a pressão de ministros para que Carmén Lúcia paute em plenário a discussão sobre prisão após segunda instância

Fechar