Rio 247Voltar para CAPA do 247

General da ativa vai comandar Secretaria de Segurança do Rio

Beto Barata/PR: <p>General Braga Netto</p>

O general da ativa Richard Fernandez Nunes é um dos nomes cogitados para ocupar a Secretaria Estadual de Segurança (Seseg), segundo confirmou, nesta quinta-feira (22), o Comando Militar do Leste (CML); ele poderá ser anunciado, nos próximos dias, pelo general Walter Braga Netto (foto), comandante do CML e interventor da área de segurança no Rio de Janeiro

Operação combate quadrilha com mais de 100 integrantes no Rio

REUTERS/Ueslei Marcelino: <p>Agente da Polícia Federal visto durante operação no Rio de Janeiro. 30/01/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino</p>

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagrou nesta quinta (22) operação para cumprir 92 mandados de busca e apreensão e de prisão contra uma quadrilha que conta com mais de 100 integrantes no sul fluminense; o grupo, acusado de tráfico de drogas e crimes conexos, também aliciou menores de idade para participar dos delitos

Temer paga Globo em campanha sobre intervenção militar

:

Michel Temer resolveu abrir os cofres federais para as Organizações Globo, que tem adotado um discurso cada vez mais simpático ao governo; nesta quinta, Temer lançou no jornal da família Marinho uma campanha publicitária exaltando os benefícios da intervenção militar no Rio; embora a intervenção federal na Segurança Pública do estado mal tenha começado, peça diz que ação dos militares “vai tirar o Rio de Janeiro das mãos da violência”; no carnaval, os dois homens fortes da propaganda federal, Elsinho Mouco e Duílio Malfatti, se esbaldaram no camarote da revista Quem, da Globo, ao lado de Fred Kachar, principal executivo do grupo

Comissão de senadores vai fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro

Agência Brasil: <p>intervanção Rio, exército</p>

O Senado aprovou a criação de uma comissão externa temporária para acompanhar as ações de intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro; A comissão será composta por três senadores titulares e três suplentes, que serão designados pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE)

Rede de Marina Silva perde Alessandro Molon e Aliel Machado para o PSB

: <p>Deputado Alessandro Molon, da Rede. Foto: EBC</p>

A legenda de Marina Silva perde os parlamentares Aliel Machado (PR) e Alessandro Molon (RJ) para o PSB, mas ainda não há data oficial para filiação dos dois novos membros dos socialistas; Com isso, Marina Silva luta para atrair novos parlamentares para a sigla: a Rede precisa de ao menos cinco deputados para a participação dela nos debates eleitorais na TV, de acordo com regra aprovada em 2017

Para MPF, intervenção no Rio é duvidosa e decreto viola leis

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>Rio de Janeiro - Fuzileiros Navais participam de operação na favela Kelson's, zona norte da cidade (Fernando Frazão/Agência Brasil)</p>

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) e a Câmara Criminal do Ministério Público Federal (MPF) divulgaram nota conjunta criticando severamente a intervenção federal no Rio de Janeiro; um dos principais pontos de crítica da nota é a possibilidade de emissão de mandados de busca e apreensão coletivos; "Tal procedimento é ilegal, uma vez que o Código de Processo Penal determina a quem deve se dirigir a ordem judicial. Mandados em branco, conferindo salvo conduto para prender, apreender e ingressar em domicílios, atentam contra inúmeras garantias individuais", argumentaram os procuradores

Varredura em presídio do Rio conta com quase 400 agentes e militares

:

A operação integrada de varredura deflagrada hoje (21) na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na baixada fluminense, conta com militares do Exército e agentes Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap); secretaria divulgou há pouco o detalhamento das equipes envolvidas; participam 100 inspetores de segurança e administração penitenciária, 30 integrantes do Grupamento de Intervenção Tática da Seap e cerca de 250 militares do Exército

Damous vai à PGR contra Mendonça Filho

Zeca Ribeiro:

Deputado Wadih Damous (PT-RJ) informou que protocolou na PGR e no Conselho de Ética da Presidência "uma representação contra Mendonça Filho por prática de improbidade administrativa e desrespeito à liberdade de cátedra, constitucionalmente assegurada", a respeito do caso da UnB; para o deputado, o ministro da Educação de Temer "é a expressão desse governo: autoritário e cultor da mediocridade, além de hostil à ordem jurídica!"

Juiz Marcelo Bretas se reúne com produtor de filme da Lava Jato

: <p>Marcelo Bretas</p>

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, se reuniu nesta quarta (21) com o produtor do filme "Polícia Federal A Lei é Para Todos", Tomislav  Blazic; de acordo com o produtor, o longa-metragem terá uma continuação e o roteiro já está sendo preparado "Conversei com Bretas sobre o [ex-governador Sérgio] Cabral e o [empresário] Jacob Barata", disse Blazic. O produtor também planeja conversar com membros do Ministério Público Federal

MÍDIA

Safatle: poder civil-militar paira sobre o Brasil

: <p>Vladimir Safatle</p>

"Em uma democracia em colapso, como a do Brasil, o recurso às Forças Armadas para preencher o vazio do poder do governo civil é um convite à extensão de seu domínio em outras esferas ou, ainda, um convite à constituição de um monstruoso poder civil-militar que parece agora pairar sobre a sociedade brasileira. (...) Isso expressa a nova permeabilidade do poder civil à presença militar, como se o Brasil estive dando paulatinamente forma a um regime híbrido no qual a força militar aparecerá como uma espécie de poder moderador a ser sempre consultado e sempre pronto a entrar em operação para colmatar a falência da gestão social brasileira", escreve Vladimir Safatle

Revista Brasil 247

Edição #197

Revista do dia

'Revista Oásis - Edição #362

Colunistas

Colunista

Liberdade, abre as asas sobre nós

Chico Vigilante

Daqui a pouco vão nos impedir de usar camisetas com poemas que não agradem as elites, ver filmes sobre nossa história recente, cantar canções de protesto ao golpe. Teremos que parar de pensar também? Assim foi na ditadura militar que dominou o Brasil mais de 20 anos

Colunista

Segurança Pública e pacto democrático

Walter Sorrentino

Rio, cidade que é caixa de ressonância nacional, está no descalabro político-administrativo. O crime organizado infiltrou-se nas instituições e a insegurança pública é galopante. O povo do Rio não merece essa situação, clama por soluções urgentes contra a violência, com razão. Não é possível deixar de se solidarizar com os cariocas

Colunista

Corrupção se combate pelo exemplo

Celso Raeder

O combate à corrupção nunca esteve tão em moda no Brasil. São muitos os motivos que justificam o sentimento de impunidade, mas quero destacar um, que considero a mãe de todas as desconfianças: a seletividade

Colunista

Notícia alvissareira: esquerda dá um passo rumo à unidade

José Reinaldo Carvalho

Em meio a tantas vicissitudes, desencontros, expressões de desânimo e confusão política e ideológica próprios de um momento de defensiva das forças democráticas e populares, um fato alvissareiro: o lançamento de um programa político, com projeção tática e estratégica, pelos partidos PCdoB, PT, PSOL e PDT

Colunista

Em defesa da liberdade de ensino e da Constituição

Fátima Bezerra

Demonstrando desconhecer os tópicos e a bibliografia da mencionada disciplina e os princípios constitucionais, Mendonça Filho reagiu como um censor em tempos de ditadura civil-militar ou como um militante do MBL a reivindicar uma escola sem partido, ou seja, uma escola desprovida de pensamento crítico

Colunista

Tem certos dias….

Washington Luiz de Araújo

Ambas chocantes, as fotos levam a gente a várias reflexões e revolta. fico pensando no trauma destas crianças confrontadas desta forma. Estes caras estão preparados para enfrentar criminosos se não sabem nem discernir criança de bandidos? 

Colunista

Vencemos uma batalha...

Paulo Paim

O governo federal suspendeu a proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência. Ele sentiu o calor das ruas contra essa verdadeira barbárie que iria liquidar com o direito da aposentadoria e matar os sonhos da nossa juventude

Colunista

Segurança se faz com gestão; e não com intervenção

Durval Ângelo

O governo Pimentel demonstra que segurança pública se faz com gestão e investimentos, e não com intervenção.É bom lembrar que o “vampiro” congelou os gastos públicos por 20 anos, impondo cortes de recursos imprescindíveis à segurança pública e a programas sociais. A crise que assola o Rio é reflexo disso

Colunista

Lava jato já respira por aparelhos

Esmael Morais

Nesta nova pauta — de guerra ao ‘crime’ — não o de colarinho branco — não há espaço algum para a lava jato. Por isso a força-tarefa do juiz Sérgio Moro respira por aparelhos. Portanto, a operação de hoje pode ser apenas um dos últimos espasmos

Colunista

STF volta a sinalizar com habeas corpus favorável ao ex-presidente Lula

Esmael Morais

O STF acenou fortemente  pela concessão de habeas corpus a Lula. Dois eventos, embora não digam a respeito do caso do petista, sinalizam nesta direção: concessão de habeas corpus coletivo para mães e gestantes presas e a pressão de ministros para que Carmén Lúcia paute em plenário a discussão sobre prisão após segunda instância

Colunista

Viva a Tuiuti

Sebastião Costa

Nesses tempos bicudos de Moro e Dallagnol, TRF e Supremo, Cunha, Temer, Aécio, Geddel, Jucá... golpe, intervenção militar, um carnavalzinho pra descontrair cai muito bem, até porque ninguém é de ferro e melhor ainda, um carnaval diferenciado, com a avenida carregada de novidades, repleta de audácia e irreverência da Paraíso do Tuiuti

Colunista

Alckmin deixa Doria ser candidato ao governo, mas não necessariamente para ganhar

Renato Rovai

Nesta terça (20), o PSDB de São Paulo aprovou a antecipação das prévias para a candidatura ao governo do Estado.  Num lance muito mais inteligente do que a interpretação dos analistas, Alckmin fez parecer ter fechado com Dória, mas ao fim e ao cabo fechou foi com ele próprio. O prefeito vai se desincompatibilizar no final do mês que vem. E a prefeitura passará às mãos de Bruno Covas, que tem sido fiel escudeiro do prefeito, mas que de origem é mais fiel ao governador

Colunista

Generais negros!

Ângelo Cavalcante

O exército brasileiro intervem firme com "autorização para matar" e atualiza a lei de segurança nacional! É golpe renovado com ares de empreendimento democrático e (pasmem!) fora aprovado, inclusive, pelo parlamento federal! Não é detalhe menor o fato de partidos historicamente anunciados como trabalhistas terem votado em bloco pela intervenção

Colunista

Meu corpo, minhas regras

Lelê Teles

É meu este corpo? Por todos os lados eu vejo grilhões, baraços, algemas. A sociedade me aprisiona e se apropria do meu corpo. É ela quem impõe os padrões éticos e estéticos para moldar meu corpo. Você tá feliz com o corpo que tem? Você só será feliz com o corpo que a sociedade quer que você tenha e ela nunca está satisfeita!

Colunista

Rio de Janeiro, tão longe do céu, tão perto da Globo

Edison Brito

Não podemos subestimar o Michel Temer. Ele deve ser levado muito a sério. Afinal, o traidor é um constitucionalista. Deu aula na PUC. Teoricamente conhece muito da carta magna, certo? Bem, a intervenção no Rio de Janeiro faz parte desse processo de garantia de continuidade do golpe. Rio, tão longe do céu, tão perto da Globo

Colunista

Temer, CNBB e a violência

Nilto Tatto

Cruel e sempre assustadora, a violência se manifesta em diferentes faces. E no cerne de sua expressão, a vida e a dignidade das pessoas, sobretudo entre os mais vulneráveis, são violadas constantemente. Temer adota um álibi de combate à violência que não se sustenta com essa infame intervenção no Rio de Janeiro, uma vez que o estado está longe de figurar entre os primeiros lugares nesse lamentável ranking

Colunista

CESP pode ser privatizada por Alckmin nos próximos dias

Luiz Henrique Dias

Responsável por 1,65 gigawatts de potência instalada em três usinas, a empresa é vista como muito lucrativa - a Bovespa tem mostrado isso com fortes altas das ações sempre que o governo paulista fala na venda da CESP; a gestão Alckmin chegou a agendar um leilão para 2017, mas inseguranças jurídicas quanto a renovação dos contratos de energia por parte do governo Temer atrapalharam os planos; a previsão é de publicação do novo edital de privatização até abril 

Colunista

O RJ merece mais democracia e empregos

Izídio de Brito Correia

A saída para o RJ é complexa, mas passa pela necessária intervenção democrática com a convocação de novas eleições gerais para restaurar a autoridade governamental e civil no Estado. Também será fundamental uma intervenção social com o retorno de investimentos nas áreas da saúde, educação e segurança pública

Fechar