Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Rio Grande do Sul 247

Marcha de movimentos sociais inicia Fórum das Resistências

:

Uma marcha de movimentos sociais pelas ruas do centro de Porto Alegre marcou o início do Fórum Social das Resistências; evento vai até o próximo sábado, 21; fórum temático é uma preparação para o Fórum Social Mundial, que está programado para acontecer entre 23 e 27 de janeiro em Porto Alegre; "Vamos começar a demarcar a nossa contrariedade sobre tudo o que está acontecendo. O Fórum é uma oportunidade de as organizações se fortalecerem, se encontrarem, fazerem combinações e aprofundarem os laços de solidariedade na ação de resistência", afirmou Claudir Nespolo, presidente da CUT-RS

Diário Oficial publica decretos de Sartori que extinguem fundações

_JJ_:

O Diário Oficial do Rio Grande do Sul publica em sua edição desta terça-feira (17) os decretos que sancionam as leis aprovadas pela Assembleia Legislativa no final de dezembro, durante a votação do pacote de ajuste fiscal encaminhado pelo governador José Ivo Sartori (PMDB); os decretos publicados preveem a extinção de oito fundações

Ugeirm denunciará na OEA situação de presos no RS

Caroline Ferraz: <p>16/02/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Superlotação do 2º DP evidencia más condições de cárcere | Foto: Caroline Ferraz/Sul21</p>

O Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia do Rio Grande do Sul (Ugeirm Sindicato) deve apresentar ainda este mês uma denúncia na Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre a situação de presos detidos irregularmente em carceragens de delegacias no Estado; segundo o sindicato, mais de 90 presos estavam detidos em carceragens de delegacias e no ônibus-cela; na avaliação da Ugeirm, essa prática aumentou após a decisão da presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, isentando o governo estadual de multa em caso de descumprimento da decisão do TJ que obrigava o governo a retirar os presos das carceragens de delegacias

No RS, privatização pode entregar riqueza por um terço de uma folha salarial

 Maia Rubim/Sul21: <p>11/01/2017 - PORTO ALEGRE, RS - Candiota. Foto:</p>

A intenção do governo José Ivo Sartori (PMDB) de privatizar a Companhia Riograndense de Mineração (CRM) caiu como uma bomba no município de Candiota, onde a empresa explora a maior jazida de carvão do país, com mais de 1 bilhão de toneladas do minério; cobiçada por empresas estatais do setor de energia de outros países, em especial da China, a estatal gaúcha pode acabar sendo vendida a preço de banana, sem que os recursos provenientes dessa venda resolvam o problema financeiro do Estado, advertem lideranças da comunidade

‘Estamos vivendo um momento de caça às bruxas bem perigoso’

: <p>09/11/2016 - PORTO ALEGRE, RS -Juíza do trabalho Valdete Souto Severo. Foto: Maia Rubim/Sul21</p>

No começo do ano, Valdete Souto Severo, juíza do trabalho da 4ª região, em Porto Alegre, foi sorteada para avaliar uma liminar de sindicatos ligados a cinco fundações estaduais em vias de extinção, desde a aprovação do projeto apresentado pelo governo José Ivo Sartori (PMDB); apesar de não ter sido a única juíza a determinar suspensão de demissões até acordo coletivo, no caso das fundações, Valdete foi a que mais sofreu ataques nas redes sociais; foi xingada de "juíza de merda", "puta safada", "vagabunda"

RS terá gasto extra de R$ 47 mi com salário do magistério

: <p>Aprenda a atrair dinheiro</p>

Após o Ministério da Educação anunciar um reajuste de 7,64% no piso salarial dos professores, o governo do Rio Grande do Sul informou que a medida vai gerar um impacto de R$ 47 milhões nos cofres públicos; o estado possui uma política de pagamento de completivo – ou seja, os professores com vencimentos inferiores ao estabelecido recebem um complemento salarial; de acordo com a Sefaz, 31.825 professores têm seus contracheques com valores abaixo do que prevê a União; a pasta anunciou que, para garantir o acréscimo nos vencimentos desses docentes que recebem o abono, o executivo estadual terá que desembolsar R$ 47 milhões em relação ao ano anterior

RS tem 11 notificações de chikungunya em 2017

AbelBrata: <p>Aedes</p>

O balanço é da Secretaria Estadual de Saúde, referente ao período entre 1º e 7 de janeiro; cada caso está sendo analisado para se confirmar ou descartar a doença; as notificações foram registradas nas cidades de Porto Alegre, Cachoeirinha, Nova Santa Rita, Nova Petrópolis, Panambi, Ijuí, Osório e Palmares do Sul; em 2016, foram confirmados 70 casos, sendo 64 importados e quatro autóctones

Pimenta: Temer é o chefe da quadrilha da Caixa

:

Para o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), "dois episódios demonstram isso. No celular apreendido na casa do Eduardo Cunha em dezembro de 2015, tem uma conversa entre o Funaro, que era o operador de Cunha, e Fábio Cleto sobre o Geddel. O Funaro reclama que não aguentava mais o Geddel, pedindo dinheiro. Lá pelas tantas, o Funaro fala: se o Geddel não parasse, 'vou foder ele com o Michel' (...). Na apreensão da última sexta-feira, surge outra situação envolvendo uma polêmica com o Geddel. E de novo a inferência é a mesma. Se ele não parar, nós vamos ao Temer"; em entrevista ao blog Viomundo, o parlamentar afirma sobre Geddel e Derziê Sant´Anna: "Qualquer um dos dois que for preso, vai abrir a boca, vai entregar. E se falarem, o Temer cai"; leia a íntegra

Intelectuais publicam carta criticando arrocho de Sartori

Guilherme Santos/Sul21: <p>06/08/2015 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Entrevista coletiva do governador José Ivo Sartori, no Palácio Piratini. Foto: Guilherme Santos/Sul21</p>

Intelectuais e acadêmicos criticam a aprovação de um projeto que extingue fundações estaduais, como parte do arrocho fiscal do governo José Ivo Sartori (PMDB); segundo a carta, a extinção de Fundações de pesquisa, de planejamento e de cultura serve para defender interesses privados; "Serão as instituições privadas, principalmente de consultoria e de comunicação, as grandes privilegiadas"; "Não podemos aceitar passivamente a imposição de uma política de liquidação do patrimônio público, que se constitui num crime contra a cultura e o conhecimento científico e, portanto, contra a cidadania sul-rio-grandense"

BRASÍLIA 247

Após chamar cantora de “macaca”, jornalista não apresenta telejornal no DF

:

Um dia após chamar a cantora Ludmilla de "macaca", o apresentador Marcos Paulo Ribeiro de Moraes, o "Marcão do Povo", não apareceu na tela da TV Record apresentando o programa Balanço Geral DF; o curioso é que o programa começou sem qualquer menção ao episódio; a hashtag #ProcessaLudmilla é uma das mais usadas no Brasil e faz referência ao caso de racismo que envolveu a cantora com jornalista de Brasília; vídeo

SP 247

Alckmin fecha creche na USP e funcionários reagem com ocupação

:

Na última segunda-feira (16), durante as férias, um caminhão de mudanças foi retirar os móveis e equipamentos do edifício da Creche Pré-Escola Oeste da Universidade de São Paulo. Os funcionários ocuparam o local e resistem ao fechamento; leia aqui nota assinada pela Ocupação Creche Aberta

Revista Brasil 247

Edição #126

Revista do dia

Revista Saúde 247 - Edição #56

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247