SP 247Voltar para CAPA do 247

Marta questiona: em que mundo vive Damares?

Waldemir Barreto: <p>Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. De pé, senadora Marta Suplicy (PT-SP). Foto: Waldemir Barreto /Agência Senado</p>

"Se o presidente eleito fala sério, quando disse, no dia de sua diplomação, que seria o presidente de todos, certamente, poderia ter encontrado uma senhora evangélica que não produzisse tantos vexames e reação tão adversa nos movimentos de mulheres e nas que pensam e atuam nessa área há décadas", diz a senadora Marta Suplicy (MDB-SP)

Lanchonete vira alvo de críticas ao fazer piada com Lei Maria da Penha

:

Lanchonete que fica em Salto, no interior de São Paulo, resolveu fazer gracinha com o nome de um sanduíche e gerou revolta entre os internautas; o lanche foi batizado com o nome de Maria da Penha e, entre os ingredientes, o cardápio destacava repOLHO ROXO, com as maiúsculas formando o trocadilho; a brincadeira de mau gosto foi feita em um País que tem 12 assassinatos de mulheres e 135 estupros por dia

Doria anuncia PM como coordenador da Defesa Civil

:

Governador de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (26), o nome do coronel Walter Nyakas Júnior como futuro chefe da Casa Militar e coordenador da Defesa Civil estadual; jornalista Cleber Mata também foi anunciado como secretário especial de Comunicação

Saída de cubanos poderá custar R$ 1,5 mi por mês à capital paulista

Reprodução: <p>Médicos cubanos deixam o mais médicos no Ceará</p>

Com a saída dos profissionais cubanos do Mais Médicos, a capital paulista pode ter de arcar com um custo adicional de R$ 1,5 milhão por mês para repor os 72 médicos cubanos que atuavam na cidade; prefeitura investia cerca de R$ 3 mil por médico para custeio de alimentação, transporte e moradia e a bolsa de R$ 11 mil era paga pelo governo federal; caso tenha de repor os médicos por conta própria, o custo seria elevado a aproximadamente R$ 20 mil, já que a contratação se daria por uma das OSS que administram os equipamentos da área na cidade

Acusada de irregularidade eleitoral, Janaína pode ficar sem mandato

: <p>tweet Janaina</p>

"Tive mais de dois milhões de votos e não sei se poderei, formalmente, representar quem votou em mim. Mas reitero o meu compromisso de trabalhar pelo país onde quer que eu esteja: na Assembleia Legislativa, na USP, na Advocacia, ou em casa", disse a advogada Janaína Paschoal, que foi eleita deputada mas pode perder o cargo por irregularidades na prestação de contas. Janaína ficou conhecida ao elaborar o parecer que justificou o golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff

MST reúne parlamentares para discutir os desafios políticos do próximo período

:

Nesta sexta-feira (23), parlamentares e lideranças do PT, PSOL e PCdoB se reuniram na Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), em Guararema, para discutir a nova formação do Congresso Nacional e apontar os desafios do próximo período; “precisamos da hegemonia da classe trabalhadora; a mística do povo é a solidariedade e isso ninguém pode nos tirar”, disse João Pedro Stedile, da direção nacional do MST

‘Se cumprir sua missão, MP fará tudo para barrar Escola sem Partido’, diz procurador

:

Um dos coordenadores do coletivo Transforma MP, o procurador Gustavo Roberto Costa, avaliou nesta sexta-feira, 23, que o Ministério Público deverá utilizar todos os instrumentos previstos na Constituição para barrar os excessos anunciados pelo governo eleito de Jair Bolsonaro (PSL); "Pautas como mudança nas regras da Previdência, a criminalização de movimentos sociais, (se opor ao) Escola sem Partido, expansão do agronegócio em detrimento de terras tradicionais indígenas e degradação do meio ambiente são pautas que o MP terá que abraçar para impedir que estes retrocessos ocorram", disse Costa em entrevista ao jornal El País

SP: o pedágio mais caro do Brasil fez a farra dos tucanos

USP Imagens | Reuters | Senado:

Começa a ser esclarecido o motivo de os pedágios de São Paulo serem os mais caros do país; o assunto voltou à luz depois que a CCR fechou acordo com o Ministério Público e admitiu ter pago ao menos R$ 44 milhões ao esquema político dos tucanos em São Paulo; o valor é ainda pequeno, quando se leva em conta o montante encontrado nas contas do principal operador do esquema rodoviário do PSDB, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto: mais de R$ 121 milhões só em sua conta na Suíça; o caso pode chegar a centenas de milhões de reais

TCM: orçamento da gestão Covas para 2019 não reflete as metas estabelecidas

Leon Rodrigues/SECOM: <p>Prefeito Bruno Covas </p>

O Tribunal de Contas do Município (TCM) de São Paulo encaminhou ofício ao presidente da Câmara Municipal, vereador Milton Leite (DEM), indicando problemas e irregularidades no Projeto de Lei 536/2019, que define o orçamento da prefeitura para 2019; o montante para 2019 está estimado em R$ 60,1 bilhões

MÍDIA

Saiba como apoiar o 247 e os Jornalistas pela Democracia

:

Se você já aderiu à nossa campanha de assinaturas solidárias, muito obrigado por apoiar a democratização da mídia e ajudar a financiar a expansão do Brasil 247; caso ainda tenha dúvidas, confira o vídeo da campanha e saiba como participar; conheça ainda o projeto Jornalistas pela Democracia e apoie a criação de conteúdo de diversos profissionais renomados no portal e na TV 247

BRASIL

José Padilha, que apoiou o golpe, prevê mais mortes com decreto de Bolsonaro

:

O cineasta José Padilha, um dos maiores incentivadores do golpe e apoiadores 'passivos' de Bolsonaro, afirmou que o decreto que libera a posse de armas de fogo vai aumentar a violência; segundo o cineasta, "pessoas que possuem armas de fogo em casa têm muito mais chance de sofrerem mortes violentas causadas por armas de fogo"; Padilha, que fugiu da violência brasileira e foi morar em Los Angeles, foi um dos artífices do recrudescimento do ódio no país, com artigos ressentidos, ataques à esquerda e incitação à vingança (com sua série stream repleta de distorções históricas, fracasso de audiência da Netflix)

Revista Brasil 247

Edição #246

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #407

Colunistas

Colunista

Venezuela: ofensivas e contraofensivas na América Latina

Helena Iono

Mesmo no contexto da alarmante ofensiva imperial na América Latina (bem destacada por Thierry Meyssan), com as ameaças contra a Venezuela e o golpe de estado culminado com a farsa eleitoral e a tomada pelo poder pela extrema direita no Brasil, observam-se também elementos de contraofensiva que prometem ampliar-se a nível regional a partir deste início de 2019

Colunista

Armas matam!

Benedita da Silva

"Armar o cidadão de bem para combater a violência", é uma ideia simples, direta, mas totalmente ilusória, que sobrevive se alimentando da incompetência dos governos e da demagogia dos políticos.

Colunista

Pelo desliquidificadoramento da população

Nêggo Tom

Parem as máquinas! Depois da declaração do Ministro Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de que liquidificadores oferecem às nossas crianças o mesmo risco que armas de fogo, precisamos urgentemente refletir sobre os rumos da nossa sociedade. Não estamos tão indefesos assim. Cada cidadão de bem que possua um liquidificador em casa, já pode defender a sua propriedade contra a bandidagem. Desde que possua bons antecedentes no SPC e não tenha deixado de quitar as prestações do eletrodoméstico. Tá ok?

Colunista

A violência vai crescer na classe média

Roberto Malvezzi (Gogó)

Mais armas vão trazer mais violência para a classe média, assim como nos Estados Unidos. Vamos ter mais acidentes e assassinatos dentro de casa, mais chacinas em shoppings, cinemas, escolas, shows, enfim, lugares públicos frequentados pela classe média.

Colunista

Sobre bandeiras e vermelhos

Valéria Dallegrave

A ausência do vermelho pode ser um traço da hipocrisia nacional. É como se não tivesse acontecido derramamento de sangue na construção de nossa pátria. Nem Canudos, nem Caldeirão. Nem Tiradentes, nem Inconfidência. Nem Balaiada ou Guerra do Paraguai. Nem Candelária, nem Marielle Franco e tantos já esquecidos. Nem genocídio indígena, nem escravidão

Colunista

A esquerda e a arma de fogo

Jean Menezes de Aguiar

Ficou este obsoleto estatuto do desarmamento, que desarmaria 'a sociedade' e sem armas não haveria crimes, marcado por escancarada ineficiência. Porém, que fique também claro, na contramão do argumento, nada há que indique que armando-se a sociedade, a mesma criminalidade que não foi reduzida com o desarmamento, sê-lo-á

Colunista

Nossa anulação étnica

Henrique Matthiesen

A quebra de nossa identidade étnica fez do povo brasileiro um povo constrangido e desfigurado que pagou, historicamente, e paga até hoje, um preço terrivelmente alto em suas lutas das mais sangrentas sem conseguir obter delas a constituição de independência

Colunista

Bolsonaro, as armas e Reformas como a da Previdência

Marconi Moura de Lima Burum

Ainda não percebemos por completo duas coisas fundamentais em 2019. A primeira delas é que o mito eleito não é o Presidente de fato (embora o seja de direito). A segunda coisa a considerar como elemento tático nessa guerra de narrativas é que os progressistas, os democratas, os desenvolvimentistas, os ativistas sociais e os verdadeiros nacionalistas terão trabalho redobrado

Colunista

Disputa pesada

Julian Rodrigues

A decisão do PCdoB de se juntar ao PDT de Ciro no apoio à Rodrigo Maia (DEM) para presidente da Câmara é mais um sintoma do acirramento da disputa interna dentro do bloco progressista. O pano de fundo são distintas análises sobre o governo Bolsonaro, o caráter da oposição e a relação com o PT

Colunista

Pátria amada (armada?) Brasil...

Rogério Correia

Poderíamos dizer que o decreto que facilita a posse de armas traz potencialmente um risco maior à vida das mulheres. Facilitará a vida de eventuais agressores sexuais e até dos homens mimados e violentos que infelizmente ainda existem em bom número

Colunista

Carta a Sigmaringa, decano da lucidez e da diplomacia

Marco Aurélio de Carvalho

Como poucos, você abraçou valores essenciais da vida republicana. Na carreira política, adotou a riqueza do diálogo como fundamento para a tolerância, para a resolução de conflitos e para a convivência pacífica entre adversários. Sua atuação como advogado foi iluminada pela lucidez e pelo senso de conveniência e oportunidade

Colunista

Pátria Armada, Brasil

Daniel Samam

Daqui por diante, Bolsonaro e Moro devem ser responsabilizados por todo e qualquer aumento do número de mortes por arma de fogo no Brasil

Colunista

Precisamos do “muito mais do mesmo”?

Reginaldo Lopes

A flexibilização da posse de armas no país é insistir, e radicalizar, em um modelo falido. Um dos argumentos mais usados pelos defensores da medida é, justamente, o fato do Estado não se fazer presente. Por que então não trocamos esse modelo e passamos a investir naquilo que, realmente, melhoraria as condições de segurança?

Colunista

A força que vem de Gleisi

Dimas Roque

Atacada, Gleisi poderia se abalar, mas o que se vê é sua determinação de enfrentar seus detratores com a força que só uma mulher Petista poderia demonstrar

Colunista

O significado de Ricardo Coutinho à frente da Fundação de estudos do PSB: haja mais resistência com sabedoria tática

Walter Santos

Enquanto Brasília reproduz uma série de fatos e medidas desencontradas e de recuos estratégicos preocupantes no Governo Federal, num dos seus espaços geográficos eis que o Partido Socialista Brasileiro atrai as atenções para a posse do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, na presidência da Fundação João Mangabeira – entidade de estudos políticos do PSB