Advogado pede prisão de Bolsonaro ao STF

247 - O advogado Rafael Duarte Moya, de Campinas (SP), entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (24) pela prisão “imediata” de Jair Bolsonaro, após pronunciamento do chefe do Executivo em rede nacional sobre a Covid-19. A petição tem como base o “crime contra a saúde pública”. 

A ação cautelar contra Jair Bolsonaro foi protocolada, e deve ser encaminhada para um dos ministros da suprema corte. A informação foi inicialmente divulgada pela jornalista Sarah Brito, do portal A Cidade On.

“O Excelentíssimo Senhor Presidente da República na data de hoje, em rede nacional, incitou a população a voltar à vida normal, incentivando assim um claro desrespeito a tudo que vem sendo defendido pela unanimidade do mundo científico”, diz o advogado Duarte Moya no pedido.

Receber notificações do Brasil 247. Inscreva-se.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Leia também:

Planaltina é alvo de protesto após homem negro ser agredido pela PM

Os manifestantes pediram justiça para o caso. O homem 30 anos foi agredido por militares com chutes, golpes de cassetetes e pedradas...

Deputado propõe “PEC antigolpe” após Aras cogitar ação de militares

Vice-líder do PCdoB, Márcio Jerry (MA) protocolou uma Proposta de Emenda à Constituição para tornar explícita a proibição da participação...

Em 38 dias, governo Bolsonaro anunciou em 47 sites de notícias falsas, diz CPMI

O levantamento foi feito pela CPMI das Fake News, que produziu um documento com base em informações enviadas pela Secretaria de Comunicação...