Alcolumbre convoca sessão do Congresso e adia reforma da Previdência

Com clima de tensão no Congresso em função do assassinato da menina Ágatha Félix, que causou comoção no país com reverberação na Câmara e no Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, convocou uma sessão do Congresso Nacional para analisar os vetos presidenciais a projetos aprovados pelo Legislativo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com clima de tensão no Congresso em função do assassinato da menina Ágatha Félix, que causou comoção no país com reverberação na Câmara e no Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, convocou uma sessão do Congresso Nacional para analisar os vetos presidenciais a projetos aprovados pelo Legislativo.

A reportagem do portal G1 destaca que "com isso, a votação em primeiro turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) principal da reforma da Previdência – antes prevista para esta terça – foi adiada em um dia, para quarta-feira (25). Também na quarta-feira está prevista a sabatina de Augusto Aras – indicado por Jair Bolsonaro para o cargo de procurador-geral da República – na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A intenção é fazer a análise da indicação na CCJ pela manhã e levar ao plenário no mesmo dia."

A matéria ainda informa que "Alcolumbre chegou a marcar para o último dia 3 de setembro uma sessão do Congresso, que acabou não acontecendo. Desde então, ele avaliava uma data para nova sessão."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email