Após ataque rasteiro a Lula e Dilma, Weintraub diz que não quer “gente chata e de esquerda” em seu Twitter

Em um argumento ridículo e ignorando ser uma figura pública, o ministro Abraham Weintraub disse que o seu twitter é de uso pessoal e que não quer "gente chata e de esquerda" interagindo com ele

247 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi ao twitter nesta sexta-feira, 28, para tentar justificar o ataque vil e rasteiro feito por ele aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, ao comentar a prisão do militar com 39 kg de cocaína em avião da FAB. 

Em um argumento ridículo e ignorando ser uma figura pública, o ministro Weintraub disse que o seu twitter é de uso pessoal e que não quer "gente chata e de esquerda" interagindo com ele. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247