Após ataque rasteiro a Lula e Dilma, Weintraub diz que não quer “gente chata e de esquerda” em seu Twitter

Em um argumento ridículo e ignorando ser uma figura pública, o ministro Abraham Weintraub disse que o seu twitter é de uso pessoal e que não quer "gente chata e de esquerda" interagindo com ele

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi ao twitter nesta sexta-feira, 28, para tentar justificar o ataque vil e rasteiro feito por ele aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, ao comentar a prisão do militar com 39 kg de cocaína em avião da FAB. 

Em um argumento ridículo e ignorando ser uma figura pública, o ministro Weintraub disse que o seu twitter é de uso pessoal e que não quer "gente chata e de esquerda" interagindo com ele. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247