Araújo: agora Cunha não tem mais escapatória

Para o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), os deputados que estavam em dúvida sobre a cassação de Eduardo Cunha, tiveram a comprovação de crime pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que acolheu uma nova denúncia contra ele; “Agora Eduardo Cunha não tem mais escapatória. Agora os deputados têm certeza não só de que ele mentiu, mas que tinha uma conta irregular no exterior. A representação engloba tudo: mentiu, desviou dinheiro para uma conta no exterior, recebeu propina e todo o resto que estamos vendo nas investigações”, disse

Para o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), os deputados que estavam em dúvida sobre a cassação de Eduardo Cunha, tiveram a comprovação de crime pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que acolheu uma nova denúncia contra ele; “Agora Eduardo Cunha não tem mais escapatória. Agora os deputados têm certeza não só de que ele mentiu, mas que tinha uma conta irregular no exterior. A representação engloba tudo: mentiu, desviou dinheiro para uma conta no exterior, recebeu propina e todo o resto que estamos vendo nas investigações”, disse
Para o presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PR-BA), os deputados que estavam em dúvida sobre a cassação de Eduardo Cunha, tiveram a comprovação de crime pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que acolheu uma nova denúncia contra ele; “Agora Eduardo Cunha não tem mais escapatória. Agora os deputados têm certeza não só de que ele mentiu, mas que tinha uma conta irregular no exterior. A representação engloba tudo: mentiu, desviou dinheiro para uma conta no exterior, recebeu propina e todo o resto que estamos vendo nas investigações”, disse (Foto: Roberta Namour)

247 - A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de acolher uma nova denúncia contra Eduardo Cunha piora sua situação na votação do pedido de cassação do mandato aprovado pelo Conselho de Ética, segundo parlamentares.

Segundo o presidente do Conselho, José Carlos Araújo (PR-BA), os deputados que estavam em dúvida sobre a cassação, tiveram a comprovação de crime pelo Supremo.

“Agora Eduardo Cunha não tem mais escapatória. Agora os deputados têm certeza não só de que ele mentiu, mas que tinha uma conta irregular no exterior. Seus aliados tentam minimizar dizendo ser injusto cassar seu mandato só porque mentiu. Não é só isso. A representação engloba tudo: mentiu, desviou dinheiro para uma conta no exterior, recebeu propina e todo o resto que estamos vendo nas investigações”, disse.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247