Bolsonaro defende Ciro Nogueira na Casa Civil e admite submissão ao Centrão: "eu nasci de lá"

"O centrão é um nome pejorativo, eu sou do centrão. Eu fui do PP metade do meu tempo, fui do PTB, fui do então PFL, no passado integrei siglas que foram extintas como o PRB", relembrou Bolsonaro

Bolsonaro com políticos do PP, partido do "Centrão". Da direita para a esquerda: Ricardo Barros, Ciro Nogueira e Arthur Lira
Bolsonaro com políticos do PP, partido do "Centrão". Da direita para a esquerda: Ricardo Barros, Ciro Nogueira e Arthur Lira (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro saiu em defesa da escolha de Ciro Nogueira para o comando da Casa Civil. O presidente relembrou sua trajetória política, marcada por diversas passagens por partidos do Centrão, para justificar a opção. 

"O centrão é um nome pejorativo, eu sou do Centrão. Eu fui do PP metade do meu tempo, fui do PTB, fui do então PFL, no passado integrei siglas que foram extintas como o PRB", disse Bolsonaro.

"Nós temos 513 parlamentares, o tal Centrão que chamam pejorativamente disso, são alguns partidos que lá atrás se uniram para campanha do Alckmin e ficou então rotulado como algo pejorativo, danoso à nação. Não tem nada disso. Eu nasci de lá", completou. 

PUBLICIDADE

De fato, partidos do Centrão apoiaram a candidatura de Geraldo Alckmin em 2018. No entanto, o termo já era utilizado antes disso para se referir ao grupo político com conotação negativa. (Com informações do UOL).

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email