Bolsonaro veta regra que estimulava nomeação técnica no governo

O trecho excluído por Bolsonaro determinava a realização de uma pré-seleção para testar “a experiência, o conhecimento prévio e as competências” do candidato ao cargo no governo

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Ao sancionar, nesta sexta-feira (17), a medida provisória que trata da reformulação do método de nomeação para cargos no governo federal, Jair Bolsonaro vetou um trecho que estimulava a indicação técnica. A regra não seria aplicada a ministros, mas sim a cargos de assessores, secretários e diretores de órgãos. 

O trecho excluído por Bolsonaro determinava a realização de uma pré-seleção para testar “a experiência, o conhecimento prévio e as competências” do candidato ao cargo no governo.

Com isso, Bolsonaro quebra a promessa de campanha de priorizar nomeações técnicas. No plano de governo, enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o chefe de governo fez críticas ao que chamou de “loteamento do Estado”. Além do mais, boa parte dos cargos governamentais são ocupados pelo Centrão, que sustenta Bolsonaro politicamente.

PUBLICIDADE

“Imagina que tem um diretor do Ministério da Saúde ou um secretário nacional. Essas pessoas têm que ter conhecimentos e habilidades muito específicas para fazer frente e gerir os recursos gigantescos que estão nas mãos deles”, criticou Weber Sutti, do Movimento Pessoas à Frente, ao Estadão

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email