Brasília está entre os destinos mais competitivos

A capital federal avançou três pontos no índice de competitividade nacional e subiu para a oitava posição no ranking das cidades mais bem-sucedidas no Turismo brasileiro; a variação na análise feita pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e com o Sebrae Nacional, coloca Brasília entre as capitais que mais se desenvolveram no setor no último ano; os bons resultados foram alcançados, principalmente, por aspectos como Monitoramento, que passou de 54,5 (2013) para 71,4 (2014), e Marketing e Promoção, com variação de 54,9 (2013) para 62,8 (2014)

A capital federal avançou três pontos no índice de competitividade nacional e subiu para a oitava posição no ranking das cidades mais bem-sucedidas no Turismo brasileiro; a variação na análise feita pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e com o Sebrae Nacional, coloca Brasília entre as capitais que mais se desenvolveram no setor no último ano; os bons resultados foram alcançados, principalmente, por aspectos como Monitoramento, que passou de 54,5 (2013) para 71,4 (2014), e Marketing e Promoção, com variação de 54,9 (2013) para 62,8 (2014)
A capital federal avançou três pontos no índice de competitividade nacional e subiu para a oitava posição no ranking das cidades mais bem-sucedidas no Turismo brasileiro; a variação na análise feita pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e com o Sebrae Nacional, coloca Brasília entre as capitais que mais se desenvolveram no setor no último ano; os bons resultados foram alcançados, principalmente, por aspectos como Monitoramento, que passou de 54,5 (2013) para 71,4 (2014), e Marketing e Promoção, com variação de 54,9 (2013) para 62,8 (2014) (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Secretaria de Turismo e Projetos Especiais - A capital federal avançou três pontos no índice de competitividade nacional e subiu para a oitava posição no ranking das cidades mais bem-sucedidas no Turismo brasileiro. A variação na análise feita pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e com o Sebrae Nacional, coloca Brasília entre as capitais que mais se desenvolveram no setor no último ano.

Os bons resultados foram alcançados, principalmente, por aspectos como Monitoramento – que passou de 54,5 (2013) para 71,4 (2014) – e Marketing e Promoção – com variação de 54,9 (2013) para 62,8 (2014). No índice geral, a capital contabilizou 75,2 pontos, apenas sete pontos abaixo da primeira colocada.

"Tivemos um grande salto no Monitoramento por conta da complementação e sistematização das pesquisas do Observatório do Turismo. Somente no primeiro semestre de 2014, fizemos quase a mesma quantidade de estudos que foram realizados no ano anterior. Isso demonstra que a equipe já está familiarizada com a ferramenta e que o destino está mais atento às necessidades de mercado", avaliou o secretário de Turismo e Projetos Especiais do Distrito Federal, Luis Otávio Neves.

A análise do aspecto de Marketing e Promoção levou em consideração a participação em férias nacionais e internacionais, meios de comunicação oficiais, realização de press trips e famtours, lançamento de aplicativos para celulares e tablets e melhoria dos Centros de Atendimento ao Turista.

Para o índice geral, o estudo avaliou também a evolução dos destinos na infraestrutura geral, qualidade de acesso, serviços e equipamentos turísticos, atrativos, políticas públicas, cooperação regional, economia local, capacidade empresarial, aspectos sociais, ambientais e culturais.

Índice – O índice de Competitividade do Turismo Nacional é monitorado desde 2008 pelo Ministério do Turismo, Fundação Getúlio Vargas e Sebrae Nacional. De acordo com o ministro do Turismo, Vinicius Lages, o índice permite avaliar, ano a ano, a capacidade de um destino de se superar e alcançar níveis cada vez mais significativos de desenvolvimento.

Este ano, o Brasil obteve os melhores resultados da série histórica. Em uma escala de 0 a 100, a média geral dos destinos monitorados foi de 59,5 pontos. As capitais obtiveram 68,2 pontos, e os demais municípios 53,4 pontos em média.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247