Com prisão já redigida pela PGR, Sara Winter debocha da PF (vídeo)

A ativista de extrema-direita Sara Winter afirmou que não irá comparecer à Polícia Federal para prestar depoimento: "eu vou incorrer em crime de desobediência porque eu me nego a ir nessa bosta"

Sara Winter
Sara Winter (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A Polícia Federal (PF) entregou intimação, no início da tarde desta segunda-feira (1), à ativista de extrema-direita Sara Winter para que ela vá depor na sede da entidade daqui dois dias. Ela afirma que não vai: “Eu não vou! Vão me prender? Me tratar como bandido? Vão ter que se prestar a isso!”, disse.

A ativista gravou um vídeo onde lê artigo 330 do Código Penal, o qual consiste em incorrer em crime de desobediência à ordem legal de funcionário público e afirmou: “pois eu vou incorrer em crime de desobediência porque eu me nego a ir nessa bosta”.

Leia mais na Fórum.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247