Congresso destina 0,001% das emendas parlamentares à Amazônia

Deputados e senadores da Amazônia Legal destinaram, nos últimos cinco anos, apenas 0,001% dos recursos de emendas parlamentares a projetos ligados à gestão ambiental da região. Em proporção, trata-se de quantia dez vezes menor do que os colegas do Sudeste repassaram para investimento em projetos do mesmo tipo nos seus estados

(Foto: Câmara | Reuters)

247 - Deputados e senadores da Amazônia Legal destinaram, nos últimos cinco anos, apenas 0,001% dos recursos de emendas parlamentares a projetos ligados à gestão ambiental da região. Em proporção, trata-se de quantia dez vezes menor do que os colegas do Sudeste repassaram para investimento em projetos do mesmo tipo nos seus estados. Também é 15 vezes menos do que o dinheiro enviado pela bancada do Nordeste nesta rubrica para seus redutos eleitorais.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, do total de R$ 13,1 bilhões em emendas para a Amazônia Legal, R$ 23,9 milhões foram para projetos que tratam da preservação de unidades de conservação e controle de incêndios florestais. 

O Brasil vive uma de suas maiores crises ambientais de sua história. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) havia alertado que o desmatamento cresceu 88% em junho e 278% em julho na comparação com iguais períodos de 2018

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247