Cunha: Espero que não seja investigação 'política'

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) negou que tenha sido avisado que seu nome estaria na lista de Rodrigo Janot entre os dos políticos investigados por desvios na Petrobras; por ora, parlamentar disse que a noticia é só "uma especulação", mas diz esperar "que não sejam investigações de natureza política"; 'Nenhuma apreensão, estou absolutamente tranquilo. Qualquer outra "alopragem" que possa aparecer estarei pronto sempre a esclarecer', acrescentou

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) negou que tenha sido avisado que seu nome estaria na lista de Rodrigo Janot entre os dos políticos investigados por desvios na Petrobras; por ora, parlamentar disse que a noticia é só "uma especulação", mas diz esperar "que não sejam investigações de natureza política"; 'Nenhuma apreensão, estou absolutamente tranquilo. Qualquer outra "alopragem" que possa aparecer estarei pronto sempre a esclarecer', acrescentou
Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) negou que tenha sido avisado que seu nome estaria na lista de Rodrigo Janot entre os dos políticos investigados por desvios na Petrobras; por ora, parlamentar disse que a noticia é só "uma especulação", mas diz esperar "que não sejam investigações de natureza política"; 'Nenhuma apreensão, estou absolutamente tranquilo. Qualquer outra "alopragem" que possa aparecer estarei pronto sempre a esclarecer', acrescentou (Foto: Roberta Namour)

247 – Citado na lista do procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), negou que esteja apreensivo porque “já foi vítima de ‘alopragem‘ e está pronto para esclarecer”. O peemedebista negou, no entanto, que tenha sido avisado da investigação:

‘Nenhuma apreensão, estou absolutamente tranquilo. Já fui vítima de uma “alopragem” há dois ou três meses e se essa “alopragem“ não foi suficientemente esclarecida que o seja. E qualquer outra “alopragem“ que possa aparecer estarei pronto sempre a esclarecer. Ninguém está imune absolutamente a nenhum tipo de investigação’, disse Cunha.

Por ora, o parlamentar disse que a noticia é só “uma especulação”, mas diz esperar “que não sejam investigações de natureza política”.
Cunha classificou ainda de absurda a hipótese de um parlamentar vir a renunciar caso o nome venha a aparecer na lista: “Isso é um absurdo”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247