Duas chapas concorrem à comissão do impeachment

Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados informou que foram protocoladas duas chapas que concorrem para a Comissão Especial destinada a dar parecer sobre o pedido de impeachment; Chapa 1, que tem as indicações do governo, conta com 49 membros; já a Chapa 2, que foi formada por partidos de oposição, em sua maioria, tem 38 inscritos; a escolha da chapa vai à votação secreta no Plenário nesta terça-feira, 8, e pode ser o primeiro teste de fogo do governo na luta contra o golpe; confira os integrantes de cada chapa

Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados informou que foram protocoladas duas chapas que concorrem para a Comissão Especial destinada a dar parecer sobre o pedido de impeachment; Chapa 1, que tem as indicações do governo, conta com 49 membros; já a Chapa 2, que foi formada por partidos de oposição, em sua maioria, tem 38 inscritos; a escolha da chapa vai à votação secreta no Plenário nesta terça-feira, 8, e pode ser o primeiro teste de fogo do governo na luta contra o golpe; confira os integrantes de cada chapa
Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados informou que foram protocoladas duas chapas que concorrem para a Comissão Especial destinada a dar parecer sobre o pedido de impeachment; Chapa 1, que tem as indicações do governo, conta com 49 membros; já a Chapa 2, que foi formada por partidos de oposição, em sua maioria, tem 38 inscritos; a escolha da chapa vai à votação secreta no Plenário nesta terça-feira, 8, e pode ser o primeiro teste de fogo do governo na luta contra o golpe; confira os integrantes de cada chapa (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara - A Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados informou que foram protocoladas duas chapas que concorrem para a Comissão Especial destinada a dar parecer sobre o pedido de impeachment.

A denúncia contra a presidente Dilma Rousseff por crime de responsabilidade foi feita pelos juristas Hélio Pereira Bicudo, Miguel Reale Junior e Janaina Conceição Paschoal.

A Chapa 1, que tem as indicações do governo, conta com 49 membros. A Chapa 2, que foi formada por partidos de oposição, em sua maioria, tem 38 inscritos.

A comissão será formada por 65 membros, e as chapas têm que ter o número mínimo de 33 integrantes.

Veja lista dos integrantes da chapa oficial à comissão do impeachment:

PT (8 vagas; 8 indicados)
Henrique Fontana (RS)
Arlindo Chinaglia (SP)
Sibá Machado (AC)
José Guimarães (CE)
Paulo Teixeira (SP)
Wadih Damous (RJ)
José Mentor (SP)
Vicente Cândido SP)

PMDB (8 vagas; 8 indicados)
Celso Maldaner (SC)
Leonardo Picciani (RJ)
Daniel Vilela (GO)
Hildo Rocha (MA)
João Arruda (PR)
José Priante (PA)
Rodrigo Pacheco (MG)
Washington Reis (RJ)

PP (4 vagas)
Eduardo da Fonte (PB)
Fernando Monteiro (PE)
Iracema Portella (PI)
Roberto Britto (BA)

PR (4 vagas; 4 indicados)
Maurício Quintella Lessa (AL)
Aelton Freitas (MG)
Marcio Alvino (SP)
Lúcio Vale (PA)

PSD (4 vagas; 3 indicados)
Irajá Abreu (TO)
Diego Andrade (MG)
Júlio César (PI)
Paulo Magalhães (BA)

PTB (3 vagas)
Cristiane Brasil (RJ)
Zeca Cavalcanti (PE)
Pedro Fernandes (MA)

PDT (2 vagas)
Afonso Motta (RS)
Dagoberto Nogueira Filho (MS)

PRB (2 vagas)
Jhonatan de Jesus (RR)
Vinicius Carvalho (SP)

PROS (2 vagas)
Gilvado Carimbão (AL)
Hugo Leal (RJ)

PC do B (1 vaga; 1 indicado)
Jandira Feghali (RJ)

PSDB (6 vagas)
Não indicou

PSB (4 vagas)
Não indicou

PSC (2 vagas; nenhum indicado)
Marco Feliciano (SP)- Indicação deverá ser anulada
Eduardo Bolsonaro (SP)- Indicação deverá ser anulada

SDD (2 vagas)
Não indicou

DEM (2 vagas)
Não indicou

PPS (1 vaga)
Não indicou

PSOL (1 vaga; 1 indicado)
Ivan Valente (RJ)

PV (1 vaga)
Sarney Filho (MA)

PMN (1 vaga)
Antônio Jacome (RN)

PTN (1 vaga)
Bacelar (BA)

Rede (1 vaga)
Alessandro Molon (RJ)

PHS (1 vaga)
Não indicou

PEN (1 vaga)
Júnior Marreca (MA)

PTC (1 vaga)
Uldurico Junior (BA)

PMB (1 vaga)
Valternir Pereira (MT)

PT do B (1 vaga)
Silvio Costa (PE)

Veja os integrantes da chapa alternativa:

PMDB (8 vagas)
Osmar Terra (RS)
Lelo Coimbra (ES)
Carlos Marum (MS)
Lúcio Vieira lima (BA)
Manoel Junior (PB)
Mauro Mariani (SC)
Flaviano Melo (AC)
Osmar Serraglio (PR)

PSDB (6 vagas)
Carlos Sampaio (SP)
Bruno Covas (SP)
Shéridan (RR)
Rossini (PR)
Nilson leitão (MT)
Paulo Abi-Ackel (MG)

PSB (4 vagas)
Fernando Coelho Filho (PE)
Danilo Forte (CE)
Bebeto (BA)
Tadeu Alencar (PE)

PSD (4 vagas)
Sóstenes cavalgante (RJ)
Evandro Roman (PR)
João Rodrigues (SC)
Delegado Éder Mauro (PA)

PP (4 vagas)
Jerônimo Goergen (RS)
Jair Bolsonaro (RJ)
Luiz Carlos Heinze (RS)
Odelmo Leão (MG)

PTB (3 vagas)
Ronaldo Nogueira (RS)
Benito Gama (BA)
Sérgio Moraes (RS)

SD (2 vagas)
Fernando Francischini (PR)
Paulo Pereira da Silva (SP)

DEM (2 vagas)
Rodrigo Maia (RJ)
Mendonça Filho (PE)

PSC (2 vagas)
Marco Feliciano (SP)
Eduardo Bolsonaro (SP)

PPS (1 vaga)
Alex Manente (SP)

PEN (1 vaga)
André Fufuca (MA)

PHS (1 vaga)
Kaio Maniçoba (PE)

PMB (1 vaga)
Major Olímpio (SP)

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247