'Eu não sou o ator principal deste filme', diz Mourão

Sobre a polêmica envolvendo a escolha de seu nome para vice - e não do deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL- RJ), o preferido de Jair Bolsonaro -, Hamilton Mourão disse que não vê problema caso fique de fora de uma eventual chapa em 2022

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista concedida um dia depois de vir à tona conversa de Jair Bolsonaro sobre a escolha de seu vice em 2018, quando preferia o deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL- RJ) a Hamilton Mourão, o vice-presidente afirmou não ver problemas se ficar fora da chapa de Bolsonaro numa eventual disputa à reeleição, em 2022.

"Quando chegar lá, em 2022, se o presidente precisar de mim, ele sabe que conta comigo como um soldado da visão de país que ele tem. Se não precisar, muito bem também. Não tem problemas quanto a isso", disse Mourão ao Estado de S.Paulo. O vice procurou mostrar alinhamento a Bolsonaro ao afirmar que a palavra final é sempre do presidente. "Eu não sou o ator principal deste filme".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247