Reunião de Bolsonaro com embaixadores é justificativa a possível golpe, diz Rubens Ricupero

Uma atitude de “querer negar o resultado eleitoral” e “absolutamente sem precedentes”, afirmou o ex-ministro e ex-embaixador do Brasil em Washington

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e Rubens Ricupero
Jair Bolsonaro e Rubens Ricupero (Foto: ABr)


247 - Ex-ministro e ex-embaixador do Brasil em Washington, Rubens Ricupero afirmou ao UOL, nesta segunda-feira, 18, que a reunião de Jair Bolsonaro (PL) com embaixadores sobre o sistema eleitoral brasileiro não terá nenhum efeito prático. Ele ainda denunciou que o presidente prepara o cenário para uma possível contestação do resultado das eleições de outubro.

"É uma medida que seria cômica se não escondesse um aspecto inquietante, porque é tão absurda e ridícula que é incapaz de produzir algum efeito prático. (...) Se partimos do pressuposto que ele é um homem racional e que o ministro da Defesa que ele convidou também é um homem racional, e se eles estão se engajando nisso sem nenhuma possibilidade de efeito positivo, qual é a explicação? É que eles estão começando a preparar algumas peças para uma eventual contestação", disse.

"(Essa reunião) só pode ser vista como uma espécie de justificativa antecipada de um possível golpe e uma atitude de querer negar o resultado eleitoral. É absolutamente sem precedentes o presidente de um país convidar representantes de nações estrangeiras para questionarem as instituições do próprio país e colocar em dúvida o sistema eleitoral responsável por seu mandato", continuou.

"Um candidato qualquer pode tomar a iniciativa de convidar embaixadores para dizer qualquer barbaridade que queira, e aí cabe ao embaixador ter o bom senso de não se acumpliciar com isso. Mas o presidente da República é o guardião supremo das instituições. Se ele tem uma queixa contra o funcionamento das instituições, ele deveria encaminhar isso pelas vias legais através da corte suprema ou por um esforço de mudar a legislação", completou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email