Homem da mala de Temer deve ser transferido para Papuda na quarta-feira

O ex-deputado e ex-assessor de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, deve ser transferido para o presídio da Papuda, no Distrito Federal, nesta quarta-feira (7), de acordo com a Polícia Federal. Havia possibilidade de a transferência ocorrer hoje, mas a pedido da defesa foi passado para quarta; desde o fim de semana, Rocha Loures está no prédio da superintendência da PF em Brasília; a polícia informou ainda que, até quarta-feira, ele deve prestar depoimento às autoridades

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR)
Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) (Foto: José Barbacena)

Brasília 247 - O ex-deputado e ex-assessor de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, deve ser transferido para o presídio da Papuda, no Distrito Federal, nesta quarta-feira (7), de acordo com a Polícia Federal. Havia possibilidade de a transferência ocorrer hoje, mas a pedido da defesa foi passado para quarta.

Desde o fim de semana, Rocha Loures está no prédio da superintendência da PF em Brasília. A polícia informou ainda que, até quarta-feira, ele deve prestar depoimento às autoridades. Segundo a defesa, no depoimento Loures deve usar o direito de ficar em silêncio.

Rocha Loures foi preso preventivamente no último sábado. Em março, ele foi flagrado pela PF recebendo em São Paulo uma mala com R$ 500 mil. Segundo delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato, o dinheiro era a primeira parcela de uma propina que seria paga por 20 anos.

A prisão do ex-deputado foi autorizada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247