João Paulo e Delúbio deixam Papuda por Páscoa

Além do ex-deputado e do ex-tesoureiro do PT, Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do extinto PL, é o terceiro condenado no 'mensalão' a ser beneficiado com o chamado "saidão"; durante o feriado, eles terão de estar de volta às suas casas às 18h e não podem frequentar bares; José Dirceu não tem direito ao benefício por não ter recebido, até hoje, autorização para trabalho externo

Além do ex-deputado e do ex-tesoureiro do PT, Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do extinto PL, é o terceiro condenado no 'mensalão' a ser beneficiado com o chamado "saidão"; durante o feriado, eles terão de estar de volta às suas casas às 18h e não podem frequentar bares; José Dirceu não tem direito ao benefício por não ter recebido, até hoje, autorização para trabalho externo
Além do ex-deputado e do ex-tesoureiro do PT, Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do extinto PL, é o terceiro condenado no 'mensalão' a ser beneficiado com o chamado "saidão"; durante o feriado, eles terão de estar de volta às suas casas às 18h e não podem frequentar bares; José Dirceu não tem direito ao benefício por não ter recebido, até hoje, autorização para trabalho externo (Foto: Gisele Federicce)

Brasília 247 – Três dos nove presos pela Ação Penal 470, o 'mensalão', serão beneficiados com o chamado "saidão" – quando os detentos deixam a penitenciária para passar o feriado em casa. O ex-deputado petista João Paulo Cunha, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o ex-tesoureiro do extinto PL Jacinto Lamas deixaram a Penitenciária da Papuda às 10h nesta quinta-feira para o feriado da Páscoa.

Pela regra, eles precisam estar de volta às suas casas, todos os dias, às 18h e não podem frequentar bares. Os três voltam à Papuda na próxima terça-feira, também às 10h. A regra, de acordo com portaria publicada no fim de março, vale para todos os presos em regime semiaberto que têm autorização para trabalho externo ou para saída temporária e visitas quinzenais às famílias.

Os outros condenados não se enquadram nas regras. José Dirceu, apesar de ter sido condenado ao regime semiaberto, não recebeu até hoje autorização para trabalho externo. Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach cumprem pena em regime fechado. E os ex-deputados Valdemar Costa Neto e Bispo Rodrigues estão sob regime semiaberto e trabalham fora da Papuda, mas respondem por procedimento disciplinar.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247