Joice Hasselmann envia nomes suspeitos à polícia e diz que um dos possíveis agressores é parlamentar

A deputada afirma que um dos suspeitos pela agressão é parlamentar, outro não. Hasselmann concedeu entrevista ao lado de seu marido, o neurocirurgião Daniel França

Joice Hasselmann e o marido, Daniel França
Joice Hasselmann e o marido, Daniel França (Foto: Reprodução/CNN)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Em entrevista convocada pela assessoria da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), o marido da parlamentar, o neurocirurgião Daniel França, rebateu neste domingo (25) as insinuações de redes sociais de que os hematomas que ela apresenta no corpo sejam resultado de um episódio de violência doméstica. 

"Nunca agredi ninguém", disse o médico — que deu a entrevista ao lado de Joice —, ao ser questionado se ele seria responsável pela agressão. Ele também disse que dorme em outro quarto, diferente do da deputada, informou reportagem da Folha de S.Paulo.

Sem apresentar nomes, a deputada disse que fará exame de corpo delito nesta segunda-feira (26) na Polícia Civil do DF e que já chegou a citar à Polícia Legislativa, que também investiga o caso, o nome de duas pessoas que ela afirma considerar suspeitas. Um deles é parlamentar, outro não. "Um grande desafeto político que tem acesso muito fácil a esse bloco. Se alguém entrou aqui, não é coisa de amador."

PUBLICIDADE

Neste domingo, a parlamentar afirmou que vai processar todos que estão "fazendo ilações" contra seu marido. Em entrevista concedida neste sábado a Leo Dias, no Metrópoles, ela já havia dito que suspeitava de duas pessoas.

Saiba mais

Na última quinta-feira (22), a deputada federal revelou que estava assistindo a uma série em sua cama, no apartamento funcional que usa em Brasília, na noite do último sábado (17), quando “apagou” e só acordou 7 horas depois, sem se lembrar do que tinha acontecido, com o rosto e o corpo cheios de hematomas e fraturas. 

PUBLICIDADE

“Acordei em uma poça de sangue sem saber quanto tempo fiquei desacordada. A hipótese que eu mais acredito é que sofri um atentado”, disse Joice.

Em nota, a Polícia Legislativa informou que as investigações já estão em andamento e têm caráter sigiloso. Joice prestou depoimento na sexta-feira.

PUBLICIDADE

“O Departamento de Polícia Legislativa (Depol) iniciou as investigações imediatamente após ter sido comunicado do fato. O Depol está ouvindo pessoas e analisando imagens do circuito fechado de TV do prédio em que a deputada reside”, prosseguiu.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e assista ao nosso boletim sobre o tema:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email