Justiça condena coronel que fez ataques homofóbicos contra PM gay, no DF

A vítima é o soldado Henrique Harrison, de 29 anos. Ele sofreu ofensas após publicar uma foto dando um beijo em seu marido na cerimônia de formatura

Justiça condena coronel que fez ataques homofóbicos contra PM gay, no DF
Justiça condena coronel que fez ataques homofóbicos contra PM gay, no DF (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O tenente-coronel Ivon Correa, da Polícia Militar do Distrito Federal, foi condenado nesta quinta-feira a pagar indenização por danos morais pelos ataques homofóbicos feitos contra um subordinado. A vítima é o soldado Henrique Harrison, de 29 anos. Ele sofreu ofensas após publicar uma foto dando um beijo em seu marido na cerimônia de formatura. A reportagem é do jornal O Globo.

Esta é a segunda condenação obtida pela defesa de Harrison pelos ataques homofóbicos sofridos. Em setembro, o sargento Astrogilson Alves de Freitas foi condenado a pagar R$ 5 mil por danos morais. Ao todo, o soldado protocolou 12 ações cíveis com pedidos de indenização contra colegas de farda, bombeiro e civis.

A sentença do juiz Pedro Matos de Arruda, da 7ª Vara Cível de Brasília, condenou o tenente-coronel Correa a pagar R$ 25 mil ao sargento ofendido. Trata-se do valor integral solicitado na ação judicial, de acordo com o advogado Jostter Marinho, representante de Harrison na ação.

PUBLICIDADE

As ofensas de Freitas foram feitas em um áudio que começou a circular em grupos de policiais militares no WhatsApp, em janeiro do ano passado. Naquela altura, Harrison tinha acabado de se formar no curso de soldados da corporação. Após a cerimônia, ele foi fotografado de farda ao dar um "selinho" no companheiro.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email