Justiça manda 800 presos à ala dos réus da AP 470

Vara de Execuções Penais (VEP) exige o mesmo tratamento dado aos condenados petistas do chamado “mensalão”, num prazo de 180 dias; os presos que deveriam cumprir pena em semiaberto estão no Bloco G da Penitenciária do Distrito Federal 2 (PDF 2); já o ex-ministro José Dirceu está no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro da Papuda, com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e com o ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP)

Vara de Execuções Penais (VEP) exige o mesmo tratamento dado aos condenados petistas do chamado “mensalão”, num prazo de 180 dias; os presos que deveriam cumprir pena em semiaberto estão no Bloco G da Penitenciária do Distrito Federal 2 (PDF 2); já o ex-ministro José Dirceu está no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro da Papuda, com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e com o ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP)
Vara de Execuções Penais (VEP) exige o mesmo tratamento dado aos condenados petistas do chamado “mensalão”, num prazo de 180 dias; os presos que deveriam cumprir pena em semiaberto estão no Bloco G da Penitenciária do Distrito Federal 2 (PDF 2); já o ex-ministro José Dirceu está no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro da Papuda, com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e com o ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP) (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A Justiça do Distrito Federal determinou a inclusão de 800 presos que deveriam cumprir pena em regime semiaberto, mas estão no regime fechado, na ala em que se encontram condenados da AP 470, na Papuda.

A Vara de Execuções Penais (VEP) exige o mesmo tratamento dado aos réus do chamado “mensalão”, num prazo de 180 dias.

Os presos em questão estão no Bloco G da Penitenciária do Distrito Federal 2 (PDF 2). Já o ex-ministro José Dirceu está no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), dentro da Papuda, com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e com o ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP).

No Centro de Progressão Penitenciária (CPP), onde ficam os detentos que já obtiveram autorização de trabalho externo, estão os ex-deputados Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Bispo Rodrigues, além do ex-tesoureiro do PL (hoje PR) Jacinto Lamas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email