Kakay evita comentar a queda de Mainardi: “O silêncio não é a ausência de fala, é o dizer-se tudo sem nenhuma palavra”

Criminalista citou o escritor Mia Couto, ao decidir não se pronunciar sobre a demissão de Diogo Mainardi, que caiu após insultá-lo

Diogo Mainardi, Antônio Carlos de Almeida Castro e Lucas Mendes
Diogo Mainardi, Antônio Carlos de Almeida Castro e Lucas Mendes (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - “Em relação aos inúmeros pedidos para eu me manifestar a respeito da demissão do Sr. Mainardi, esclareço, em homenagem à boa e séria imprensa, que tanto respeito, que não pretendo comentar nada sobre a demissão.  E me reporto ao grande Mia Couto: ´O silêncio não é a ausência de fala, é o dizer-se tudo sem nenhuma palavra´”, divulgou o criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, após a demissão de Diogo Mainardi, um dos responsáveis pela difusão do discurso de ódio no Brasil.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email